Leilão de café vende 100% da oferta

Imprimir
Num sinal de que a disponibilidade de café para a indústria torrefadora ainda está apertada em algumas regiões do Brasil, o primeiro leilão dos estoques do governo deste ano vendeu todo o volume ofertado. O leilão, realizado ontem pela Conab, ofertou 94,982 mil sacas de café dos estoques oficiais.

O produto, da espécie arábica, estava estocado em armazéns da Conab em municípios dos Estados de Minas Gerais e São Paulo.

Segundo a Conab, o preço médio de abertura do leilão ficou em R$ 435,81 por saca e o médio de fechamento, em R$ 493,19 por saca. O valor total negociado no leilão ficou em R$ 46,842 milhões.

Em nota, a Conab informou que os leilões de café arábica continuarão sendo realizados quinzenalmente. Os volumes em cada leilão deverão ser superiores ao ofertado ontem, alcançando até 150 mil sacas, segundo a autarquia. O objetivo do Ministério da Agricultura é regular o mercado interno, em decorrência da alta dos preços do produto.

O Valor apurou que o ministério decidiu elevar a oferta de café por leilão por ter considerado elevado o ágio nas negociações de ontem, o que indicaria demanda significativa. O próximo leilão será no dia 9 de fevereiro.

No total, a Conab deve leiloar um volume de 720 mil sacas de café de seus estoques.

Fonte: Valor (Da redação em São Paulo e Brasília)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *