Jacarezinho (PR) vai sediar principal concurso de qualidade de cafés do Brasil

Imprimir
O município de Jacarezinho, na região do Norte Pioneiro do Paraná, vai sediar a fase internacional do Cup of Excellence – Brazil 2016, que ocorrerá entre os dias 23 a 29 de outubro, mesma semana da realização da nona edição da Feira Internacional de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (Ficafé 2016). Este ano, o principal concurso de qualidade de cafés especiais do País, promovido pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), tem novidades.

A avaliação dos cafés “naturals” (naturais, secos com casca) e dos “pulped naturals” (cerejas descascados/despolpados) será unificada na mesma edição e haverá duas categorias de vencedores: Cup of Excellence Winners e National Winners.Vanusia Nogueira, diretora da BSCA, explica que, na fase de triagem das 634 amostras inscritas, o júri nacional – composto por 25 experientes provadores de diversas empresas e regiões – fará a degustação e avaliação dos cafés especiais.

No Senac de Jacarezinho, onde será realizada a etapa internacional do concurso, 24 profissionais da indústria de café e provadores de vários países e locais, que fazem parte do júri internacional, darão o resultado final. A cerimônia de premiação, em 29 de outubro, será realizada no Tayayá Aquaparque Hotel e Resort, em Ribeirão Claro.

Outra novidade desta edição, conforme Vanusia Nogueira, é o reconhecimento da qualidade dos cafés especiais finalistas do concurso, possibilitando que eles também participem do leilão. “Os cafés naturais e cerejas descascados que tiverem notas entre 84 e 85,99 pontos serão eleitos National Winners. Já os Cup of Excellence Winners serão os cafés campeões do concurso, com notas iguais ou superiores a 86 pontos”, explica. Antes, os cafés que atingiam uma pontuação abaixo de 86 pontos – nota de corte na escola de 0 a 100 do concurso – não tinham a chance de entrar no leilão dos vencedores. “Queremos privilegiar um grupo maior de produtores”, ressalta.

Leilões on-line
Ao todo, serão realizados quatro leilões on-line para a venda dos cafés vencedores e finalistas. “Os dois leilões dos Cup of Excellence Winners, para cafés naturais e despolpados, seguirão no mesmo formato realizado até o ano passado.

O preço mínimo de abertura será de US$ 5,50 por libra peso, ou US$ 727,50 por saca de 60 quilos. Já os dois leilões dos National Winners terão duração de 15 dias e o preço de abertura está estipulado em US$ 3,50 por libra-peso, o que equivale a cerca de US$ 463 por saca”, detalha.

Produção de 1,2 milhão de sacas
A produção de cafés especiais no Paraná cresceu entre 10% a 15%, em relação ao volume colhido no Estado, nos últimos 10 anos, com uma produção anual de 1,2 milhão de sacas de café beneficiadas em 2015. (Com informações da assessoria de imprensa da BSCA e AEN)

Fonte: TNOnline

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *