Coca-Cola venderá café pronto para beber no México

Imprimir

A Coca-Cola Company, através de sua filial no México, entrou no segmento de café pronto para beber com máquinas de venda automática sob a marca BLAK. O objetivo desse projeto é instalar máquinas desse tipo em armazéns e lojas de conveniência que, no México, somam mais de 900 mil pontos de venda.

O gerente sênior de novos negócios da empresa Coca-Cola México, Rigoberto Chávez, disse que, atualmente, a empresa conta com 1.500 equipamentos instalados na região do Valle do México, mas que a ideia é chegar a todo o canal tradicional no resto do país.

A categoria de café (bebidas quentes que se consomem fora de casa) na qual se encontra o Café BLAK tem um mercado de consumo calculado de 1,5 bilhão de litros por ano, disse Chávez. "Por isso, consideramos que esse mercado é suficientemente grande e atrativo para a Coca-Cola do México e que poderá ganhar relevância em curto prazo".

Ele disse que, atualmente, o BLAK está somente no México, mas que, devido ao sistema Coca-Cola, está presente em mais de 200 países, e que "sempre existe a possibilidade de que essa iniciativa seja replicada em outras partes do mundo".

A Coca-Cola Company participa nessa categoria de bebidas há 10 anos a nível mundial, com diferentes marcas como Georgia Coffee e Chaqwa, entre outras. A companhia iniciou também lançamentos de café no Japão, Índia e Cingapura; há três anos, chegaram a Noruega, Alemanha, Canadá, África do Sul, Quênia, Estados Unidos e, esse ano, começaram no México com a marca de café BLAK.

O café BLAK é um projeto que consiste de máquinas de venda direta de café que oferecem aos consumidores oito diferentes variedades de bebidas quentes: café comum, cappuccino, cappuccino de baunilha, mochaccino, latte, latte baunilha, latte mocha e chocolate quente. Chávez explicou que o café é de origem mexicana e é produzido em Córdoba, Veravruz, consistindo em um extrato líquido realizado à base de grãos de café arábica.

A Coca-Cola disputará o ponto de venda com o Grupo Nestlé, através de suas máquinas de vendas da marca Nescafé. Em agosto, o Grupo Nestlé anunciou um investimento na cidade do México e em diversos projetos relacionados com o café para 2020, com a instalação de maquinas.

A reportagem é do ElUniversal.com.mx, traduzida e adaptada pela Equipe CaféPoint.
ABIC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *