Produção de café colombiano cresce 13% em abril

Imprimir

A Colômbia registrou em abril uma colheita de 1,43 milhão de sacas de 60 quilos, 13% a mais que as 924 mil sacas produzidas em abril de 2015.

O volume é resultado dos programas de renovação dos cafezais, mas os estragos causados pelo fenômeno climático El Niño são evidentes, o que refletiu na redução das exportações de café especial.

Entre janeiro e abril desse ano, a Colômbia produziu 4,2 milhões de sacas, 10% a mais que as 3,8 milhões de sacas produzidas entre janeiro e abril de 2015.

Nos últimos 12 meses (maio de 2015 a abril de 2016), a colheita de café foi de quase 14,6 milhões de sacas, 17% a mais que as 12,4 milhões de sacas produzidas no mesmo período do ano anterior. 

Em abril, as exportações de café colombiano foram de 906 mil sacas, 5% a menos que as 957 mil sacas exportadas em abril de 2015. A redução das exportações se explica em grande medida pela acumulação de pasilla (café de baixa qualidade) nos armazéns da Almacafé, operador logístico da Federação Nacional de Cafeicultores (FNC), os quais aumentaram em 35% entre janeiro e abril de 2016.

Até agora nesse ano, as exportações de café foram de 4,2 milhões de sacas, 9% a mais que as 3,9 milhões de sacas exportadas entre janeiro e abril de 2015.

Nos últimos 12 meses (maio de 2015 a abril de 2016), as exportações foram de quase 13,1 milhões de sacas, 18% a mais que as 11,1 milhões de sacas exportadas no mesmo período do ano anterior.

Fonte: CaféPoint (Com informações da FNCe tradução de Juliana Santin)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.