NUCOFFEE: plataforma de negócios valoriza aproximação com a universidade

Imprimir

Em um mercado de café globalizado, para se destacar os cafés de qualidade diferenciada é preciso uma ponte que faça a ligação entre produtores e torrefadores internacionais. Foi com o objetivo principal de estreitar estes laços que a Syngenta lançou NUCOFFEE, plataforma que agrega cerca de mil propriedades cafeeiras no Brasil em uma vasta rede de negócios. Do outro lado, para amparar NUCOFFEE, torna-se necessária a ligação entre a empresa de proteção de cultivos e as instituições de ensino e pesquisa que se dedicam ao estudo do café e seus desafios. Ou seja, o mundo corporativo cada vez mais reconhece que o conhecimento é tão vasto que vale a pena investir em parcerias colaborativas.

Construir esta ponte, fortalecendo os elos entre os dois setores, universidade e empresa, é um dos objetivos do Polo de Excelência do Café, um dos projetos estruturadores da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES), do governo de Minas. Na busca pela construção de uma cultura de inovação para o café, a aproximação entre o conhecimento gerado nos centros de ensino e pesquisa de excelência e a demanda do mercado consumidor é inevitável.

Um exemplo desta articulação pôde ser observado na Universidade Federal de Lavras (UFLA), de 06 a 09 de dezembro, quando a equipe NUCOFFEE, formada por 12 ex-alunos da Universidade, voltaram para um treinamento sobre gestão de custos da atividade cafeeira. Trata-se da apresentação do Software Agrocustos, desenvolvido pelo professor do Departamento de Administração e Economia (DAE), Luiz Gonzaga de Castro Júnior, com a articulação do Polo de Excelência do Café e financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig).

A NUCOFFEE pretende implantar a ferramenta de gestão em um programa piloto para avaliação dos técnicos e acompanhamento dos produtores. Na concepção da plataforma, a gestão da propriedade pode sair da condição de gargalo para se tornar um diferencial competitivo a favor do cafeicultor. O acompanhamento dos custos favorece à tomada de decisões de forma mais estratégica, conduzindo à adoção de tecnologias específicas para cada nível de produção.

Na visão da NUCOFFEE, a universidade deve ser vista como o centro do conhecimento e da informação, capaz de promover o desenvolvimento de tecnologias e inovações para atender às demandas globais e regionalizadas. Vista como elos complementares, universidade e empresa devem estar cada vez mais próximos. Além de buscar por informações e resultados de pesquisas relevantes, a universidade também é responsável por capacitar os futuros profissionais da empresa, o que serve para reduzir as barreiras entre a linguagem científica e a linguagem do mercado, além de fortalecer os vínculos para que esta relação seja realimentada e duradoura.

Fonte: Polo de Excelência do Café

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

bo togel terpercaya

situs togel terpercaya

situs togel terpercaya

10 situs togel terpercaya

situs toto

bo togel terpercaya

agen togel terpercaya

situs togel terpercaya

situs togel resmi

bandar togel online

bandar togel terpercaya

link togel

link slot dana

10 situs togel terpercaya

situs togel terpercaya

5 bandar togel terpercaya

situs toto

situs toto

bandar togel terpercaya

agen togel terpercaya

bo togel terpercaya

situs togel terpercaya

bandar togel terpercaya

slot deposit 5rb

situs toto

toto togel

situs toto

toto togel

situs toto

10 situs togel terpercaya

situs togel resmi

bo togel terpercaya

bandar togel terpercaya

bo togel terpercaya

situs togel terbesar

situs togel terpercaya

bo togel terpercaya

bandar togel terpercaya

situs toto 4d

situs toto