Carvalhaes destaca altas da última semana no mercado

Imprimir

A semana foi de alta nas bolsas de café. No mercado físico brasileiro o ritmo está diminuindo com a chegada das festas de final de ano e as duas próximas semanas, as últimas do ano, deverão ser ainda menos ativas, com vendedores e compradores adiando os negócios para o mês de janeiro. As considerações partem do boletim semanal do Escritório Carvalhaes.

Carvalhaes observa que já dá para sentir a queda na oferta de arábicas de boa qualidade, o que deverá se intensificar nos próximos meses. O que resta desses cafés está em mãos de cafeicultores mais capitalizados, que sabem da situação estatística, e não pretendem vender o final de sua safra a qualquer preço.

A escassez de arábicas de melhor qualidade deverá levar à melhor aceitação pelo mercado dos cafés médios e fracos. Assim, a partir do início de 2011, deveremos assistir ao estreitamento do grande diferencial que existe atualmente no mercado físico brasileiro entre os cafés de boa qualidade e os médios e fracos, comenta Carvalhaes.

Segundo Carvalhaes, apesar dos fortes embarques do Brasil, maior produtor e exportador de café do mundo, os estoques dos EUA, maiores consumidores do mundo, continuam caindo, indicando que os cafés chegam a seu destino e são industrializados rapidamente. Normalmente, os meses anteriores ao inverno no hemisfério norte são usados para acumular estoques que serão utilizados para abastecer o mercado nos meses de frio.

O boletim ressalta que a apertada situação entre produção e consumo mundial impediu que este cenário acontecesse em 2010. É bom lembrar que 2010 foi ano de safra cheia no Brasil e mesmo assim o que produzimos será suficiente apenas para nossas necessidades de exportação e consumo no decorrer do mesmo período (julho de 2010 a junho de 2011). Entraremos no próximo ano-safra (2011/2012), quando deveremos colher nossa safra de ciclo baixo, sem estoques e com alta demanda por nossos cafés, avalia Carvalhaes.

Mais um sinal da gravidade da situação é que o governo brasileiro se prepara para iniciar já em janeiro leilões de venda do pouco que resta dos estoques oficiais de café. "Não nos recordamos de outro período com situação estatística tão precária como esta", destaca Carvalhaes. A "Green Coffee Association" divulgou que os estoques americanos de café verde totalizaram 3.865.943 em 30 de novembro de 2010. Uma baixa de 64.378 sacas em relação às 3.930.321 sacas existentes em 31 de outubro de 2010.

Fonte: Safras & Mercado 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

bo togel terpercaya

situs togel terpercaya

situs togel terpercaya

10 situs togel terpercaya

situs toto

bo togel terpercaya

agen togel terpercaya

situs togel terpercaya

situs togel resmi

bandar togel online

bandar togel terpercaya

link togel

link slot dana

10 situs togel terpercaya

situs togel terpercaya

5 bandar togel terpercaya

situs toto

situs toto

bandar togel terpercaya

agen togel terpercaya

bo togel terpercaya

situs togel terpercaya

bandar togel terpercaya

slot deposit 5rb

situs toto

toto togel

situs toto

toto togel

situs toto

10 situs togel terpercaya

situs togel resmi