Café brasileiro carece de investimento em marketing

Imprimir

"O Brasil tem um papel ainda muito limitado no mercado internacional e precisamos aumentar nossa presença", afirmou o diretor executivo da Organização Internacional do Café (OIC), Robério Silva (foto: Wenderson Araújo), nos bastidores do evento que lançou a Semana Internacional do Café – evento que marca os 50 anos da OIC – que ocorrerá em setembro em Belo Horizonte.

Segundo Silva, o Brasil é o país do café, mas a percepção do café internacionalmente ainda é muito pequena. "Isso exige investimentos significativos na área de marketing que nós sempre desprezamos", diz. "É isso que pretendemos com esse evento. Trazer a atenção do mercado internacional para o café brasileiro, em especial o mineiro. Essa é a grande oportunidade que nós temos", completa o diretor-executivo.

Ainda de acordo com Silva, o evento possibilitará "trazer os grandes atores que trabalham no setor internacional, tanto do ponto de vista de trading, quanto do ponto de vista da indústria, para um diálogo construtivo para o retorno e a recuperação dos preços", completou.

Para o Secretário de Agricultura de Minas Gerais, Elmiro Nascimento, a Semana Internacional irá expor o café especial de Minas Gerais para o mundo inteiro, não somente para compradores, mas também expositores e pessoas do ramo cafeeiro internacional, de uma maneira muito importante e que se faz muito necessária diante da falta de visibilidade do grão brasileiro.

"Nossa produção de café é de altíssima qualidade, tanto é que eu tive o prazer de ir na premiação da Illycafé aqui em Minas e praticamente todos os cafés premiados eram do Estado. O que falta é divulgação desse café. Você vai numa cafeteria em Londres ou Paris ou Nova York e você rarissimamente vê o café do Brasil, sendo que nós temos praticamente 50% da produção mundial. O que falta justamente é isso: divulgar a potencialidade que tem o café brasileiro em relação a outros países", afirmou Nascimento.

Fonte: Agência Safras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *