Brasil vende mais café aos árabes

Imprimir

As exportações de café brasileiro aos países árabes renderam US$ 127,3 milhões de janeiro a julho, um aumento de 6% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com dados do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). Foram embarcadas 765,1 mil sacas de 60 quilos, um crescimento de quase 30% na mesma comparação.

As vendas à região avançaram em volume e em receitas, diferentemente das exportações totais do País no período, que cresceram apenas em quantidades, mas recuaram em preços. Para o diretor-geral do Cecafé, Guilherme Braga, isso ocorreu provavelmente porque os árabes estão comprando mais diretamente do Brasil e menos de intermediários de outros países.

“Isso tem a ver com o fluxo, eles estão comprando mais diretamente do Brasil”, afirmou o executivo à ANBA. “O volume [importado] foi muito diferente de um ano para outro, houve uma troca de origem”, acrescentou.

Braga destacou que diversos países árabes são importadores tradicionais do café brasileiro, como Síria, Líbano, Tunísia e Jordânia. Os quatro são os principais importadores de café verde brasileiro na região. A Arábia Saudita é a maior compradora de café solúvel.

No total, as exportações brasileiras de café somaram pouco mais de US$ 3 bilhões de janeiro a julho, uma redução de 13,6% em comparação com o mesmo período do ano passado. Foram embarcadas 17 milhões de sacas, um aumento de 15,7% na mesma comparação.

Segundo o diretor-geral do Cecafé, o preço do produto caiu 25% no mercado internacional desde o começo do ano. Nos últimos 24 meses o recuo chega a 45%. Daí a diminuição das receitas de exportação, apesar do avanço do volume embarcado.

Isso ocorreu porque vários países produtores, principalmente asiáticos, ampliaram muito a produção nos últimos anos. “Este excesso de oferta enfraqueceu um pouco os preços”, declarou Braga. Além disso, ele ressaltou que os mercados mais importantes da commodity, como Europa, Estados Unidos e Japão, vêm tendo desempenho econômico pífio, o que inibe a demanda.

De acordo com ele, esse processo já dura três anos, mas há sinais de que ele esteja no fim. Com a queda dos preços, a produção também acabou caindo e os investimentos na lavoura recuaram, o que deverá “ajudar a corrigir” as cotações, na avaliação de Braga.

Fonte: ANBA – Agência de Notícias Brasil-Árabe

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

bo togel terpercaya

situs togel terpercaya

situs togel terpercaya

10 situs togel terpercaya

situs toto

bo togel terpercaya

agen togel terpercaya

situs togel terpercaya

situs togel resmi

bandar togel online

bandar togel terpercaya

link togel

link slot dana

10 situs togel terpercaya

situs togel terpercaya

5 bandar togel terpercaya

situs toto

situs toto

bandar togel terpercaya

agen togel terpercaya

bo togel terpercaya

situs togel terpercaya

bandar togel terpercaya

slot deposit 5rb

situs toto

toto togel

situs toto

toto togel

situs toto

10 situs togel terpercaya

situs togel resmi

bo togel terpercaya

bandar togel terpercaya

bo togel terpercaya

situs togel terbesar

situs togel terpercaya

bo togel terpercaya

bandar togel terpercaya

situs toto 4d

situs toto