BR prevê novas reduções no preço da gasolina

Imprimir

O presidente da Petrobras Distribuidora (BR), José Lima de Andrade Neto, afirmou nessa quarta, dia 18, que são esperadas novas reduções nos preços da gasolina e do etanol com o avançar da safra de cana-de-açúcar. Ainda em maio e ao longo de todo o mês de junho, a BR, assim como outras distribuidoras deverão repassar para seus preços a redução que houver no preço do etanol. Por ter mistura de 25% de etanol anidro em seu conteúdo, a gasolina é afetada diretamente.

Ele não quis comentar quais são as expectativas de queda dos preços. Na semana passada, a BR repassou uma queda de 6% no preço da gasolina e de 13% no etanol.

– Existem no Brasil dois tipos de gasolina. A gasolina A que é vendida na refinaria e a gasolina C, que tem 25% de etanol. O que aconteceu no país é que a safra da cana termina em dezembro e o país acaba tendo um combustível que não é produzido 100% do ano. A queda na produção deste combustível fez com que os preços do etanol subissem, não só o hidratado – que vai direto na bomba – quanto o anidro, que é misturado na gasolina – explicou em entrevista após participar do Fórum Reis Veloso no Rio de Janeiro, destacando que os preços da gasolina aumentaram apenas por conta disso.

Indagado sobre a eventual pressão que a BR teria sofrido do governo federal para antecipar a queda do preço da gasolina e do etanol, Lima desconversou e disse que o preço só subiu porque as usinas subiram o preço do etanol, e só caiu, porque houve redução do preço repassado pelas usinas. Na semana passada, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse à imprensa que faria pressão junto à BR para forçar uma queda de preços, já que a safra da cana havia começado e o reflexo na bomba de combustível ainda era insignificante.

Lima também comentou que não é correta a afirmação da Federação Nacional dos Revendedores de Combustíveis (Fecombustíveis), de que a queda do preço da gasolina e do etanol vendido pela BR era maior do que nos demais postos.

– Se olhar um gráfico dos preços médios do álcool anidro, é possível verificar que o litro estava a R$ 2,80 duas semanas atrás e na semana que a BR anunciou a redução de seus preços, já estava em R$ 1,60 na média dos postos do país – disse.

Segundo ele, a companhia já está percebendo o retorno dos consumidores ao consumo de etanol neste mês de maio. Antes da alta de preços, em dezembro do ano passado, disse, a proporção era de 75% das vendas para gasolina e 25% para o etanol. Entre os meses de janeiro e abril, houve um fluxo forte dos consumidores de etanol para a gasolina, que fez com que a proporção chegasse a 93% das vendas para gasolina e 7% para etanol.

– Agora já estamos verificando que a proporção de vendas de gasolina esteja abaixo de 90%. Isso deve se normalizar nas próximas semanas – comentou.

Fonte: Agência Estado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

bo togel terpercaya

situs togel terpercaya

situs togel terpercaya

10 situs togel terpercaya

situs toto

bo togel terpercaya

agen togel terpercaya

situs togel terpercaya

situs togel resmi

bandar togel online

bandar togel terpercaya

link togel

link slot dana

10 situs togel terpercaya

situs togel terpercaya

5 bandar togel terpercaya

situs toto

situs toto

bandar togel terpercaya

agen togel terpercaya

bo togel terpercaya

situs togel terpercaya

bandar togel terpercaya

slot deposit 5rb

situs toto

toto togel

situs toto

toto togel

situs toto

10 situs togel terpercaya

situs togel resmi