Rondônia pode exportar café para a China

Imprimir

Um café de boa qualidade tem as portas abertas na China e para que isso ocorra, a secretaria de Agricultura, em parceria com Emater, vai convocar as indústrias

Os chineses estão interessados no café rondoniense, segundo informou o empresário especialista na compra e venda deste produto, Lucas Borghi, ao secretário de Agricultura, Pecuária, Desenvolvimento e Regularização Fundiária (Seagri), Evandro Padovani.

Em reunião em que participou o empresário Lucas Borghi, a deputada Glaucione Rodrigues, o secretário de Agricultura e outras autoridades ligadas ao setor, Lucas Borghi esclareceu que falta pouco para o café de Rondônia ser reconhecido internacionalmente. Segundo ele, o mercado asiático é um cliente importante que pode pagar mais pelo nosso produto beneficiando os produtores rurais rondonienses.

De acordo com Borghi, que comercializa o café de Rondônia em outros estados, o empresário e exportador Chinês Bunco Wong, conheceu o café rondoniense em São Paulo, demonstrando interesse em adquirir o produto rondoniense, pelo sabor e aroma e que os preços são convidativos.

Para o café de Rondônia conquistar o mercado externo, de acordo com os dados apresentados por Lucas Borghi, os produtores rurais precisam melhorar a qualidade do produto usando novas tecnologias e manejo adequado nas lavouras. Assim, o cliente vai pagar mais pelo nível diferenciado, que vai desde o sistema de plantio até a colheita.

Um café de boa qualidade tem as portas abertas na China e para que isso ocorra, a secretaria de Agricultura, em parceria com Emater, vai convocar as indústrias e os produtores rurais no sentido de que seja melhorada a qualidade do café na busca deste mercado.

Fonte: Rondônia Dinâmica

One thought on “Rondônia pode exportar café para a China

  • 19/04/2017 at 4:39 pm
    Permalink

    Gostaria da saber mais, sobre o café arábica, para exportação…. cotação, onde comprar no estado, e qual a quantidade disponível.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *