Robério Silva é o diretor-executivo da OIC

Imprimir

O Brasil vem consolidando sua participação no cenário internacional em diversas áreas de atuação e, agora, foi a vez da cafeicultura. O diretor do Departamento do Café do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Dcaf/Mapa), Robério Silva, acaba de ser eleito diretor-executivo da Organização Internacional do Café (OIC), a principal entidade mundial do setor.

De Londres (ING), por telefone, o secretário de Produção e Agroenergia do Mapa, Manoel Bertone — um dos representantes do governo na comitiva brasileira —, comunicou que o candidato mexicano, Rodolfo Trampe Taubert, em reunião do Conselho Internacional da Organização, retirou sua candidatura após constatar que o Brasil possuía mais de 80% dos votos dos países produtores, o que oficializou a nomeação do diretor do Dcaf ao cargo máximo da cafeicultura no mundo.

O Conselho Nacional do Café (CNC) parabeniza Robério Silva pela vitória nesse disputado processo eleitoral e acredita que se trata do nome mais preparado para o desempenho da função, haja vista seus vastos conhecimentos e experiência profissional no setor ao longo dos anos.

Também se faz fundamental o enaltecimento ao trabalho do Ministério das Relações Exteriores, executado pelo Ministro Antonio Patriota, pelo Subsecretário-geral de Assuntos Econômicos e Tecnológicos, embaixador Valdemar Carneiro Leão Neto, e por Marcos Vinicius Pinta Gama, embaixador do Brasil responsável pelos organismos internacionais, e suas respectivas equipes.

A participação do Ministério da Agricultura também foi essencial para essa grande vitória brasileira, principalmente por intermédio dos trabalhos desempenhados pelo Secretário de Relações Internacionais, Célio Porto, e pelo novo ministro Mendes Ribeiro Filho, que, recém-chegado, se empenhou para que a campanha de Robério fosse bem sucedida.

Fonte: Conselho Nacional de Café – CNC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *