Queda de safra de café anunciada pela Conab está refletida no Sul de Minas

Imprimir

A queda da safra de café anunciada no início deste mês para todo o país, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) também está refletida na região de São Sebastião do Paraíso.

O Brasil colherá este ano 47,54 milhões de sacas de café. De acordo com a Conab, houve queda com relação à projeção de 48,59 milhões de sacas informada pela entidade em maio, mas o volume continua sendo o maior já registrado para um ano de baixa bienalidade, que corresponde ao período de alternância anual entre grandes e pequenas produções.

Na área de atuação da Cooperativa Regional dos Cafeicultores de São Sebastião do Paraíso (Cooparaíso), que abrange 130 mil hectares, a produção será de aproximadamente 2,92 milhões de sacas. A queda de grãos no chão está entre 20% a 22% na região. O número é menor do que o registrado no ano passado.

A previsão inicial feita pela Cooparaíso era de que a safra atual seria entre 14% a 14,5% mais baixa que a anterior, mas de acordo com o que vem sendo registrado até o momento, ela deve se aproximar de 80% do que foi colhido em 2012.

Como explica Paulo Elias, gerente de relacionamento da Cooparaíso, a queda significativa da safra ocorreu porque faltou chuva no período de formação dos grãos e houve excesso de umidade no período de granação do café. "Isso ocasiona perda de peso por roseta do cafeeiro", comenta.

Apesar da queda apresentada, Elias explica que dos anos de baixa, ou seja, de bienalidade, a atual safra é a maior, porém, ainda acabou sendo menor do que o que se esperava.

Fonte: Folha da Manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *