Produtores do Vietnã freiam vendas com rápido progresso da colheita

Imprimir

Os produtores já colheram cerca de 75% da colheita, ou 1,1 milhão de toneladas, e venderam 360.000 toneladas, de acordo com uma média de sete comerciantes e estimativas de vendedores. A colheita deverá cair em 12%, para 1,45 milhão de toneladas, de um recorde de 1,65 milhão de toneladas na estação passada.

Os freios nas vendas do Vietnã podem apoiar os preços, à medida que as ofertas globais aumentem. Os produtores de todo o mundo colherão 56 milhões de sacas de 60 quilos de café robusta em 2012-13, de 53,3 milhões de sacas no ano anterior, segundo estimativas da Organização Internacional de Café (OIC).

O café robusta caiu em 13% desde o final de setembro, quando a colheita começou no Vietnã.

“Não vemos mais pânico de vendas como no passado”, disse o representante no Vietnã do Tong Teik, membro do RCMA Commodities Asia Group, Alexander Gruber. “Hoje, os produtores sentam lá e todo dia eles têm pelo menos 10 comerciante ou intermediários batendo em suas portas pedindo café”.

Os produtores têm recursos financeiros para limitar as vendas e estão esperando que os preços domésticos alcancem 40.000 dong (US$ 1,90) por quilo, disse o presidente da Associação de Café e Cacau do Vietnã, Luong Van Tu. Os preços estão em cerca de 38.000 a 39.000 dong (US$ 1,80 a US$ 1,85) e às vezes menor, disse ele. Os produtores estão sendo capazes de emprestar pelo menos 50 milhões de dong (US$ 2.377,94) cada sem garantia desde o começo do ano por causa do suporte do Governo, disse ele.

A colheita foi mais rápida que no ano passado, à medida que os produtores começaram a colher duas semanas antes e o clima estava seco, disseram comerciantes. Dak Lak, a principal região produtora do Vietnã, quase não teve chuvas e o clima ficou ensolarado e “muito” favorável para a colheita nos primeiros 10 dias de dezembro, disse o Departamento de Meteorologia e Hidrologia. A área terá clima similar nos 10 dias até 20 de dezembro, reforça a entidade.

Quatro dos cinco comerciantes e analistas pesquisados pelo mídia norte americana ‘Bloomberg’ disseram que estavam otimistas sobre os preços e que as previsões futuras em Londres aumentariam de US$ 1.950 a tonelada para US$  3.000 a tonelada no final de junho, à medida que os produtores no Vietnã limitam as vendas e a economia mundial se recupera.

O café robusta é cultivado principalmente na Ásia e em partes da África, enquanto o café arábica é cultivado na América Latina. As informações partem de agências internacionais, segundo noticiou o CaféPoint.

Fonte: CaféPoint

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *