Produtores do Norte Pioneiro do PR apostam em café cereja descascado

Imprimir

A modernização da cafeicultura nacional, por meio da produção de cafés de qualidade, chegou ao Norte Pioneiro do Paraná – um dos pioneiros na longa história da cafeicultura brasileira na produção de cafés certificados, diferenciados e de qualidade.

A cultura de cafés especiais foi introduzida na região por cafeicultores que fazem parte do Projeto de Cafés Especiais, lançado pelo Sebrae/PR, em 2006, com apoio de produtores locais, interessados em mudar o conceito da produção. O objetivo da inciativa é investir na cultura de cafés de qualidade e certificados para melhorar a lucratividade nas lavouras e, consequentemente, a qualidade de vida das famílias que se dedicam à cafeicultura.

O Programa de Cafés Especiais deu origem, em 2014, ao Programa 100% Qualidade, que promove a capacitação dos agricultores voltada para certificação, gestão da propriedade, aproveitamento de resíduos e técnica de manejo de café cereja descascado. Segundo Odemir Capello, consultor do Sebrae/PR, os produtores do Norte Pioneiro estão entusiasmados com as boas expectativas de venda do cereja descascado.

“No Programa 100% Qualidade, trabalhamos novas técnicas de manejo, consultorias especializadas e boas práticas nas lavouras. Nossa intenção é aumentar cada vez mais o padrão de qualidade dos cafés, fortalecer a e melhorar a renda do homem do campo”, conta Odemir Capello.

Na opinião de Jair Barsotti, do núcleo de produtores em Japira, os resultados dos investimentos na produção do cereja descascado já começaram a surgir. “Temos assistência técnica a cada 15 dias e estamos sempre atualizados, e isso é muito bom”, avalia.

Estímulo
E para incentivar ainda mais os produtores do Norte Pioneiro, o café cereja descascado será o tema principal das palestras técnicas que acontecem durante a VIII Feira Internacional de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná – Ficafé 2015. O evento será de 14 a 16 de outubro, em Jacarezinho.

Paralelamente à Feira, acontece também o IV Simpósio de Difusão Tecnológica do Norte Pioneiro Paraná, que terá o café cereja descascado como foco principal. “Um dos temas do Simpósio será o aproveitamento de água residual e biogás, para melhorar a gestão das pequenas propriedades rurais”, antecipa Odemir Capello.

Rural Centro – Campo Grande/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *