Produtora de café de Espírito Santo do Pinhal vence concurso de SP

Imprimir

A produtora Laura Luiza Del Guerra Vergueiro, do município de Espírito Santo do Pinhal, é a campeã do 12º Concurso Estadual de Qualidade do Café de São Paulo – Prêmio Aldir Alves Teixeira. Representando a Cooperativa dos Cafeicultores da Região de Pinhal (Coopinhal), ela participou com um lote de café Cereja Descascado, que obteve a nota de qualidade igual a 8,879 pontos, o que o qualifica como excepcional. Trata-se de um café que, de acordo com o júri, tem como características sensoriais um aroma frutado, doçura intensa lembrando garapa, encorpado e com finalização persistente, com notas de frutas amarelas cítricas, como a tangerina.

Em 2º lugar, ficou o café produzido por João Roberto Corral Provêncio, de Cássia dos Coqueiros, representando a Associação Agropecuária de Barra Grande de Caconde. O café, preparado também pelo método Cereja Descascado, obteve a nota de qualidade e 8,601 pontos. Na avaliação sensorial do júri, foi descrito como um café com aroma adocicado como caramelo, baunilha e frutas secas, corpo intenso, finalização longa e acidez equilibrada.

O concurso estadual foi disputado por 83 lotes finalistas de 12 certames regionais, promovidos por cooperativas, associações e sindicatos de produtores paulistas de café. Amostras dos lotes foram avaliadas na quarta e quinta-feira da semana passada (23 e 24), na Associação Comercial de Santos (ACS), por um grupo de juízes classificadores, em sessões de provas cegas, inteiramente acompanhadas por auditores independentes e entidades representativas do agronegócio café, desde produtores até exportadores.

A Comissão Julgadora foi integrada pelos especialistas Aloisio Aparecido Lusvaldi Barca (BM&F), Clóvis Venâncio de Jesus (BSCA), Maria Gabriela Pariz (CPC-Sindicafé-SP), Aline de Oliveira Garcia (Ital), Davi Teixeira (ACS), Cristina Saraiva Deolinda (Stockler/CeCafé), Cleia Junqueira (Abic), e Gerson Silva Giomo (IAC). Os trabalhos foram coordenados por Eduardo Carvalhaes Jr.

A Comissão Julgadora selecionou 10 lotes finalistas, dos quais 4 na categoria Cereja Descascado, 4 na categoria Natural e 2 Microlotes. A partir desta terça-feira ,29, e até 6 de novembro, esses cafés poderão ser adquiridos em leilão aberto a torrefadoras, cafeterias e demais pessoas jurídicas. Os interessados deverão preencher a Ficha de Lance Comprador, que está no site www.sindicafesp.com.br, e enviar por e-mail para camarasetorial@sindicafesp.com.br ou por fax para 11 – 3125 3169.

No dia 12 de novembro, a partir das 16h, no Museu do Café, em Santos, será feita a premiação dos produtores e empresas campeãs (que são as que deram maior lance no leilão). Os cafés adquiridos pelas torrefadoras serão industrializados e comporão a 11ª Edição Especial dos Melhores Cafés de São Paulo, que será lançada dia 17 de dezembro.

Fonte: Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *