Presidente do CCCMG se reúne com Frente Parlamentar do Café na Expocafé para defender unidade do setor

Imprimir
O presidente do Centro do Comércio de Café do Estado de Minas Gerais, Archimedes Coli Neto, participou na manhã desta sexta-feira (17), com representantes da Frente Parlamentar do Café para discutir estratégias e ações referentes aos trabalhos da Frente. O encontro foi realizado durante a 22ª edição da Expocafé, o principal evento de tecnologias para a cafeicultura do Brasil. A reunião contou com a participação de deputados federais, como o presidente da Frente, Emidinho Madeira (PSB), o vice-presidente, Evair de Melo (PP), e o coordenador, Diego Andrade (PSD). O encontro também contou com a presença do deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSDB), do senador Carlos Viana (PHS), e de prefeitos, presidentes de cooperativas de café e representantes de entidades comerciais da região do Sul de Minas.

A cafeicultura brasileira passa por uma forte crise que derrubou o preço das sacas de café. O Sul de Minas, região que vive da economia cafeeira, sofre os efeitos dessa crise e busca por soluções e incentivos políticos para driblar esse momento difícil. No discurso dos membros da Frente Parlamentar do Café, a palavra de ordem é unidade. Para os parlamentares presentes, a unificação de propostas é, mais do que nunca, a saída mais inteligente para a crise.

expocafe-2019-foto-luiz-valeriano-ascom-cccmg-IMG_7568A Frente Parlamentar do Café passou por um período sem reuniões nos últimos anos devido a algumas divergências entre os membros. Emidinho Madeira destacou, no entanto, que a Frente vive agora um novo momento político. “Muita gente não gosta de falar de política, mas a força política é muito importante para resolver nossos problemas, levantar recursos, aprovar projetos e dar condições para que a nossa gente possa produzir”, disse. Para ele a primeira missão do grupo é construir bases e criar harmonia entre entidades que representam o café no Brasil.

expocafe-2019-foto-luiz-valeriano-ascom-cccmg-IMG_7586Em sua fala, o deputado capixaba Evair de Melo destacou a grandeza de Minas Gerais na produção de café. O deputado mostrou não ter dúvidas sobre o papel do estado em liderar esse movimento de busca por unidade. “O setor produtivo de café do Brasil precisa de uma resposta de Minas. Temos que ter unidade, pois separados nós não vamos a lugar nenhum”, afirmou. O deputado estadual Antônio Carlos Arantes conduziu a sua fala no mesmo sentido. “O mercado precisa acreditar na nossa força política, e nós precisamos dar uma resposta forte para o mercado”, reiterou.

No último dia 14 de maio foi debatida em audiência pública na Câmara dos Deputados a questão do preço mínimo do café. O deputado Evair de Melo afirma que, em conjunto, deputados, senadores e empresários estão empenhados para oferecer aos cafeicultores condições para uma safra digna, boas retribuições e, sobretudo, rentabilidade dos negócios.

Veja abaixo algumas fotos da feira que aconteceu em Três Pontas ou clique aqui para conferir o álbum de fotos

Fonte: Ascom CCCMG com informações da Ascom Expocafé (Com fotos de Luiz Valeriano)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *