Presidente do CCCMG recebe homenagem da Fundação Procafé

Imprimir
45-congresso-procafe-foto-luiz-valeriano-ascom-cccmg-IMG_8429 (502 x 500)O presidente do Centro do Comércio de Café do Estado de Minas Gerais – CCCMG, Archimedes Coli Neto, foi homenageado na manhã desta terça-feira (29) pela Fundação Procafé. A homenagem aconteceu na cerimônia de abertura do 45º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras, realizada no salão de convenções do Hotel Monreale, em Poços de Caldas (MG).

Archimedes recebeu a medalha de Mérito Cafeeiro da Fundação Procafé por seu trabalho e empenho em prol da cafeicultura nacional. “Estou muito feliz e honrado com a homenagem. O café é um produto que traz a união das pessoas. Receber este prêmio é muito gratificante e me dá mais ânimo e prazer em continuar trabalhando no setor”, enfatiza o presidente do CCCMG.

Diversas outras homenagens do mérito cafeeiro a personalidades da cafeicultura e ao colaborador da pesquisa cafeeira foram realizadas na abertura do evento. Logo após foi promovido um debate sobre a conjuntura cafeeira. A programação inclui, ainda, a realização de 3 seminários e debates. No último dia de evento será realizado um Dia de Campo, com demonstração de resultados na Fazenda Sertãozinho.

Novos cultivares

Durante a cerimônia foi realizado o lançamento de duas novas cultivares de café: Araraçú e Anuaí.

Araraçú – é uma cultivar de alta produtividade, boa precocidade produtiva, resistente à ferrugem, muito vigorosa, com frutos amarelos e grandes, com maturação menos tardia dos frutos e com favorecimento da colheita mecanizada e podas.

Anuaí – é uma cultivar de alta produtividade, resistente à ferrugem, muito vigorosa, com frutos amarelos e de maturação tardia.

Congresso

O evento, que vai até sexta-feira (01/11), tem por objetivo reunir equipes para discutir e transferir novidades tecnológicas, para o setor cafeeiro, por meio da apresentação de resultados de pesquisa e inovações da cafeicultura.

A região cafeeira do Sul de Minas e as áreas vizinhas, no Triangulo Mineiro e Mogiana em São Paulo, constituem o mais importante polo cafeeiro do país, destacando-se pelo bom nível tecnológico nas lavouras e pela excelente qualidade dos cafés ali produzidos. A realização do Congresso nessa região faz, portanto, jus aos bons valores dessa cafeicultura.

Nesta edição histórica, com 45 anos completados, será organizada, ainda, uma exposição sobre o evento, com os resultados obtidos e com homenagens à Equipe participante.

O Congresso conta com a promoção da Fundação Procafé, do Consórcio Pesquisa Café coordenado pela Embrapa Café, da Secretaria de Estado de Agricultura, de Minas Gerais, da Universidade de Uberaba – Uniube e da Universidade Federal de Lavras – UFLA . Além dessas instituições promotoras citadas, o evento contará com o apoio do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil – Cecafé, Associação Brasileira da Indústria do Café – ABIC, Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel – ABICS, Conselho Nacional do Café – CNC, e também de outras instituições de pesquisa, ensino e extensão que atuam na cafeicultura, além de cooperativas, associações de produtores e empresas que desenvolvem equipamentos e insumos para a lavoura cafeeira. Nessa edição o Congresso contará com apoio especial da “Fazenda Sertãozinho” e da Prefeitura Municipal de Poços de Caldas.

Clique aqui e confira mais fotos do evento.

Fonte: Ascom CCCMG (Com informações e fotos de Luiz Valeriano)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *