Preço do café conilon cai e desanima produtores rurais capixabas

Imprimir

Os produtores rurais capixabas estão desanimados com a queda no preço do café conilon no Espírito Santo. Eles reclamam do alto custo de produção, que não está dando retorno financeiro. Segundo a Cooperativa Agrária dos Cafeicultores de São Gabriel (Cooabriel), no dia 3 de novembro do ano passado a saca era vendida a R$ 510. Hoje, após um ano, o valor caiu para R$ 340.

O produtor rural Evandro Camatta, por exemplo, conta que esta seria a época para comprar adubo, mas como o preço do conilon está em declínio, ele decidiu esperar um pouco. “Um pouco já adubei, agora eu vou esperar. Se o café subir eu vou adubar de novo”, ressaltou.

Evandro disse, ainda, que colheu este ano 170 sacas de café para sua propriedade, em Marilândia. Além disso, destacou que tem uma parte guardada, mas não vai vender tudo. “Eu vou vender aos pouquinhos, a medida que precise. Com o preço que está agora não dá pra vender não, só o necessário mesmo”, acrescentou.

Em janeiro deste ano, a saca de conilon chegou a valer R$ 496. Nesta semana caiu para R$ 371, queda de 27%. Para o presidente da Coabriel, Antônio de Souza Neto, essa desvalorização tem a ver com o controle do mercado.

“O Vietnã hoje está com um preço superior ao Brasil para se ter uma ideia. Então, realmente, eles ficam aí fazendo pressão, falando em importar café. Considero uma atitude errada”, concluiu.

Fonte: G1 ES e Jornal do Campo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *