Poços de Caldas respira Fair Trade

Imprimir

Poços de Caldas comemorou nesta quarta-feira (30), o ‘Dia Municipal do Comércio Justo’ que foi instituído por decreto do Executivo e aprovado pela Câmara de Vereadores. Há o município no Sul de Minas Gerais recebia a declaração oficial pelo reconhecimento como Cidade de Comércio Justo (Fair Trade Town).

O município que se tornou a primeira certificada em todo o Hemisfério Sul integra uma rede mundial, formada por 80 países que utiliza práticas justas nas transações comerciais, com foco preferencial aos pequenos produtores e ao consumidor como um todo.

Desde o início da semana aconteceram na cidade atividades envolvendo estudantes universitários, trabalhadores rurais e a comunidade como um todo. Durante todo o dia 30, foram realizadas palestras sobre diversos temas, proferidas por João Mattos (Fair Trade), Ernesto Carlos Kasper (Ecocitrus), Ulisses Ferreira (Sedet), Johann Wolfgang Schneider (Sebrae-MG).

Em paralelo às palestras também foi realizada a 1ª Feira Municipal do Comércio Justo que contou com a exposição de diversos produtos certificados, de várias regiões do Brasil, que foram apresentados à população de Poços e aos turistas por representantes das Associações ou Cooperativas produtoras.

A Ecocitrus – Cooperativa dos Citricultores Ecológicos do Vale do Caí, que atua no município de Montenegro, no Rio Grande do Sul mandou seu representante e apresentou, na feira, o suco de fruta 100% orgânico e certificado fair trade. Na ocasião, o gerente de relações institucionais da cooperativa, Enersto Carlos Kasper, falou sobre a importância de mostrar que os produtos fair trade pertencem a um mercado diferenciado e que não são apenas mais uma forma de negócio.

“Eu sempre peço para as pessoas fixarem duas palavras: Justo e Sustentável. Qual é a relação destas palavras? Quando se fala de um mercado justo, pergunto se é justo um brasileiro consumir 5kg de agrotóxico, sem saber? Nesse sentido quando se fala de um mercado diferencial e quando a gente diz para as pessoas aqui de Poços, que estão aderindo a uma nova ideia, queremos que elas consumam consciente, por que esse é o diferencial que precisamos implantar.”, completa Enersto.

Para o secretário de desenvolvimento econômico social e do trabalho, Rodrigo Reis, o Fair Trade é um programa que vem sendo desenvolvido na cidade desde 2009 e já beneficiou mais de 80 famílias rurais da Associação dos Agricultores Familiares do Córrego D’antas (Assodantas). Segundo o secretário, o objetivo comum é divulgar os princípios comerciais que apoiem, estimulem e protejam a agricultura familiar, através da garantia de preço justo pago ao produtor que, por sua vez, deve manter relação de respeito ao trabalho e ao meio ambiente.

O comitê gestor da campanha ‘Poços Comércio Justo’, responsável pelas atividades da semana, é composto pela Prefeitura de Poços de Caldas, Sebrae-MG, Associação dos Agricultores Familiares do Córrego D’antas (Assodantas), Acia, Alcoa, Agridoce Comunica, Associação Poços Sustentável, Instituto Federal do Sul de Minas, PUC – Minas Poços de Caldas, Faculdade Pitágoras, Sindicato do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Poços de Caldas; Emater-MG, Convention & Visitors Bureau e SPRESS Café.

Lançamento

A Semana Municipal de Comércio Justo foi lançada na última segunda, 28, no bairro rural Córrego D’Antas, na propriedade de Agnaldo Consolini, um dos produtores que integra a Assodantas e produz o café certificado como fair trade. Estiveram presentes o prefeito Eloísio do Carmo Lourenço; o vice Nizar El-Khatib; um representante do Sebrae, Ivan Figueiredo; o presidente da Assodantas, José Piva; e representantes da Associação Poços Sustentável, produtores rurais, entre outros.

Na ocasião, o representante do Sebrae, entidade parceira e de fundamental importância para a certificação do município, ressaltou que, após um ano da conquista, os trabalhos são focados agora para que os produtos fair trade sejam consumidos e que tenham mais visibilidade nos comércio local.

Fonte: Agridoce via Rede Social do Café

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *