Paraná libera recursos para apoiar cafeicultura nos assentamentos rurais

Imprimir

O governador do Paraná Beto Richa autorizou a compra de equipamentos para a reestruturação da cadeia produtiva do café em áreas de assentamentos localizados no Norte Pioneiro, no valor de R$ 819 mil. Serão adquiridos, por meio de licitação, 80 mini-carrinhos para terreiros de café, 36 derriçadores de café, 40 unidades para a despolpa e 40 desmucilador do café. Os equipamentos serão repassados à associações de produtores e cooperativas de agricultores em nove assentamentos da região.

Os recursos são oriundos de convênio entre a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário e a Caixa Econômica Federal, que totaliza cerca de R$ 17 milhões para apoio de cadeias produtivas no Paraná: leite, café, erva-mate, frutas e cana-de-açúcar.

Com estes investimentos, prevê-se o atendimento a 6.620 famílias de agricultores, distribuídas na área de abrangência dos 45 municípios com maior concentração de famílias em condição de vulnerabilidade social e econômica.

De acordo com o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, os investimentos, cuja execução já foi iniciada, inclui uma série de ações que propiciará um salto de qualidade em programas importantes para o Paraná. 

EQUIPAMENTOS – O convênio prevê R$ 2,5 milhões para a cafeicultura em áreas de assentamentos rurais na região do Norte Pioneiro. Cerca de R$ 1 milhão já foram gastos com a compra e entrega de duas minicolhedeiras automotrizes.

Além disso, foi aberto processo licitatório para compra de dois caminhões com carroceria graneleiras no Departamento de Administração de Material da Secretaria da Administração e Previdência.

A definição dos itens a serem adquiridos foi feita com base em especificações técnicas, econômicas e operacionais recomendados por literaturas específicas, bem como no acervo técnico existente nesta SEAB, acumulado ao longo da sua existência.

Os equipamentos, veículos, máquinas e demais itens adquiridos pela Secretaria da Agricultura serão repassados por meio de Termos de Convênio, aos 45 municípios, que serão os responsáveis pela gestão dos bens, guarda e manutenção em conformidade com a legislação vigente.

CONVÊNIO – O convênio entre a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, o Ministério do Desenvolvimento Agrário e a Caixa Econômica Federal foi firmado em 2013 e está em plena execução. As ações para reestruturação das cadeias produtivas do leite, cana-de-açúcar, erva mate, café e horticultura concentram-se nos municípios de baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M) e pertencentes a territórios. Elas são baseadas na melhoria da produtividade, da produção e da geração de emprego e renda.

Com os recursos destinados à reestruturação da cadeia produtiva do Leite, foram comprados 1.106 tanques resfriadores de leite, no valor de R$ 6,5 milhões, repassados para agricultores familiares em 45 municípios de todo Estado do Paraná.

Também já foram adquiridos implementos agrícolas para assentamento do município da Lapa e o restante de equipamentos, implementos agrícolas, veículos, caminhões e tratores, estão na etapa de licitação. A previsão é que até o início de quarto trimestre, todos os processos estejam concluídos e a maior parte já entregue nas propriedades rurais. 

Ouça esta notícia logo abaixo:

 

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *