Observatório do Café visa à sustentabilidade da cafeicultura

Imprimir

observatorio_cafeConsórcio Pesquisa Café por meio do Observatório do Café realiza análises estratégicas, estudos prospectivos e indica cenários para o agronegócio café desde 2014

A comunicação em tempo real assume a cada dia novas funções e, especificamente no meio rural, se tornou ferramenta essencial para promover o desenvolvimento agropecuário. Nesse sentido, o Observatório do Café, desenvolvido pela Embrapa Café, em 2014, tem como objetivo coletar, analisar e disseminar, de forma sistemática, publicações técnico-científicas, dados estatísticos do setor, informações sobre tendências de produção, consumo e exportação, oportunidades e ameaças dos mercados nacional e internacional. E, ainda, visa sinalizar possíveis trajetórias do processo de inovação e transferência de tecnologias com base nos resultados de pesquisas realizadas pelas instituições integrantes do Consórcio Pesquisa Café, além de subsidiar a formulação de políticas públicas e a tomada de decisões pelos diversos agentes do setor.

Com esses propósitos, a Embrapa Café reuniu no Observatório do Café, de forma pioneira, dados, análises e informações de órgãos governamentais, entidades representativas do setor cafeeiro e instituições de pesquisa, assistência técnica e extensão rural, com o objetivo de promover o acompanhamento em tempo real das principais tendências e indicadores do agronegócio café, em nível nacional e internacional. Assim, o Observatório constitui-se num instrumento de gestão estratégica com foco no acompanhamento do ambiente interno e externo, o qual prospecta tendências e sinais tecnológicos, socioeconômicos e de mercado da cafeicultura em nível mundial. As informações e análises do Observatório do Café estão disponibilizadas no Portal do Consórcio Pesquisa Café e podem ser acessadas pelo link www.consorciopesquisacafe.com.br.

Nesse contexto, em 2018, o Observatório elaborou e divulgou para mais de 40.000 destinatários do seu mailing list em torno de 50 estudos/análises e avaliações, as quais motivaram em torno de 150 mil consultas no Portal do Observatório, que abordaram temas sobre Conjuntura Mundial; Safra e Estoques; Tendências de Consumo; Estatísticas, Exportações e Cotações; Análises; Rede Social do Café; Clipping; Publicações Sobre Tecnologias; Cultivares de Café; Revista Coffee Science; Imagens; Vídeos e Áudios, e ainda informações técnicas que são disponibilizadas por meio do Sistema Brasileiro de Informação do Café – SBICafé da Universidade Federal de Viçosa – UFV.

Mensalmente, para orientar novas análises e obter feedback dos documentos divulgados, o Observatório do Café também realiza seu clipping contendo matérias e análises de interesse do setor divulgadas para seu público-alvo e imprensa. Em 2018, foram capturadas para o clipping em torno de 300 análises/matérias. Adicionalmente, vale ressaltar que a Rede Social do Café tem atualmente mais de 5.000 membros cadastrados e recebe aproximadamente 2 milhões de visitas por ano, tendo recebido aproximadamente 21 milhões de visitas desde sua criação, há 12 anos. A seguir estão apresentadas as seções do Observatório do Café com as suas respectivas abas e especificações.

Conjuntura Mundial – Esta aba/seção apresenta um panorama mundial do setor cafeeiro tanto de países exportadores, como de importadores, além das principais empresas de porte multinacional por meio do Relatório sobre mercado de café, da Organização Internacional do Café – OIC, do Relatório Internacional de Tendências do Café, do Bureau de Inteligência Competitiva do Café, o qual foi substituído a partir de maio de 2018 pela Revista NEGÓCIO CAFÉ publicados mensalmente. Quanto ao Relatório da OIC, ele apresenta, entre outras informações do setor cafeeiro em nível mundial, dados sobre a produção, exportação, estoques, consumo e indicadores de preços ‘compostos’ de café apurados pela OIC e a Revista NEGÓCIO CAFÉ, ex-Relatório Internacional de Tendências do Café, que até maio de 2018 fazia parte de um projeto do Consórcio Pesquisa Café. A Revista NEGÓCIO CAFÉ foi concebida pela Agência de Inovação do Café – InovaCafé, da Universidade Federal de Lavras – UFLA.

Safra e Estoques – Esta aba/seção visa subsidiar a elaboração de planejamentos estratégicos por toda a cadeia produtiva do café, como também a realização de diversos estudos pelos órgãos de governo envolvidos com a cafeicultura para elaboração de políticas públicas para o setor. Os documentos divulgados nesta seção são o Acompanhamento da Safra Brasileira de Café e o Levantamento de Estoques Privados de Café, elaborados pela Companhia Nacional de Abastecimento – Conab, e o Valor Bruto da Produção – VBP, estimado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A Conab realiza anualmente quatro levantamentos da safra do café e divulga previsões das safras em curso, sinalizando a tendência da produção de café dos Estados produtores. Além disso, a Conab também realiza o Levantamento dos Estoques Privados de Café, anualmente, objetivando quantificar o estoque de passagem das safras, ou seja, a quantidade de café em estoque no dia 31 de março, data que antecede o início da safra seguinte. O VBP, publicado mensalmente, demonstra a evolução do desempenho do faturamento bruto médio dos produtores de café de 1997 a 2018.

Tendências de Consumo – Apresenta informações e estudos contendo as principais tendências e oportunidades para o mercado de café que têm potencial para impactar todo o setor. Nesse sentido, vale ressaltar que o nosso País é o maior produtor, exportador e também o segundo maior consumidor mundial de café. Os Relatórios divulgados anualmente são patrocinados pela Associação Brasileira da Indústria de Café – ABIC e contêm dados do consumo de café no Brasil, projeções de consumo por perfil de consumidores e outras informações pertinentes ao desenvolvimento da indústria brasileira de torrefação e moagem de café e/ou indústrias correlatas.

Estatísticas, Exportações e Cotações – Disponibiliza informações para os agentes do agronegócio contendo indicadores econômicos, análises de preços e acompanhamento das exportações brasileiras de café, sobre o desempenho do setor, por meio de vários documentos, com periodicidades anual, mensal, semanal e diária, a saber: Periodicidade anual – Projeções do Agronegócio (SPA/Mapa); Mensal – Sumário Executivo do Café e Relatório mensal (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil – CeCafé); Semanal – Balanço Semanal (Conselho Nacional do Café – CNC); Diária – Indicador de cotações – café arábica e conilon, do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada – Cepea/Esalq/Usp; e Análise Diária (Conselho Nacional do Café – CNC).

Análises (Análises e notícias da cafeicultura) – Repositório com mais de 600 análises (meta-análises dos documentos citados anteriormente) que são realizadas pela Embrapa Café com base nos dados e informações constantes dos documentos aludidos e disponibilizados no Observatório do Café. Essas análises abrangem prospecções, tendências, inovações e sinais tecnológicos, socioeconômicos e de mercado da cafeicultura, em nível mundial.

Rede Social do Café – Comunidade virtual desenvolvida no âmbito do Consórcio Pesquisa Café com o objetivo de promover a troca de conhecimentos e experiências dos diversos agentes que atuam no setor cafeeiro, para reunir, em um só espaço virtual, todas as informações necessárias para quem atua e se interessa por cafeicultura, tornando-se canal de consulta, de debates e troca de conhecimentos via internet e em tempo real. Atualmente, a Rede Social do Café tem mais de 5.000 membros cadastrados e já recebeu aproximadamente 21 milhões de visitas.

Vídeos, Áudios e Imagens – Esses três itens reúnem materiais audiovisuais que se revestem de importância para o setor cafeeiro, tais como fotografias, reportagens, entrevistas e programas de TV e rádio, inclusive os realizados pela Embrapa, como Dia de Campo na TV e Prosa Rural, além de vídeos produzidos pela própria Rede Social do Café e por diversos outros veículos de comunicação, além de vídeos que promovem transferência de tecnologias, e entrevistas de técnicos e especialistas do setor café.

Clipping – Realizado mensalmente, permite monitorar e avaliar a repercussão na mídia e em veículos especializados de comunicação das análises e notícias sobre o setor cafeeiro, no que concerne às pesquisas e divulgações das meta-análises da Embrapa Café e Consórcio Pesquisa Café. Esses textos são em geral capturados em jornais de grande circulação, revistas especializadas em agricultura e cafeicultura, além de sites e outros meios de comunicação que tratam desses temas.

Publicações sobre café e tecnologias do Consórcio Pesquisa Café – Reúne as publicações do Portfólio de tecnologias do Consórcio Pesquisa Café, as quais são desenvolvidas por instituições consorciadas e parceiras, cujas tecnologias e conhecimentos podem ser aplicados nas diversas áreas de conhecimento da cafeicultura, tais como melhoramento genético, cultivares, fitossanidade, nutrição, condução da lavoura, colheita e pós-colheita, além de publicações técnico-científicas sobre Café & Saúde, alertas fitossanitários e estudos socioeconômicos, entre outros.

Cultivares de Café – Contém o portfólio de cultivares de café desenvolvidas por instituições do Consórcio Pesquisa Café que estão devidamente registradas no Registro Nacional de Cultivares – RNC do Mapa, com descrição dos seus respectivos atributos positivos, características, recomendações de plantio e fichas técnicas com produtividade, qualidade potencial da bebida, vigor, indicação de resistência a pragas e doenças, porte etc.

SBICafé – Biblioteca do Café – O Sistema de Informação do Café, da Universidade Federal de Viçosa – UFV, tem por objetivo facilitar o acesso mediantes pesquisa com palavras-chave da produção científica das instituições consorciadas, contribuindo, assim,  para a transferência de tecnologias, produtos e serviços  ao setor produtivo e agroindustrial do café. O SBICafé é um repositório temático do conhecimento científico e tecnológico (tais como teses e dissertações de mestrado e doutorado; palestras, artigos e demais trabalhos apresentados no Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil e no Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras).

Revista Coffee Science – Publicação trimestral que tem por objetivo publicar artigos originais completos que contribuam para o desenvolvimento da cafeicultura nas diferentes áreas. A única revista científica brasileira especializada em cafeicultura foi criada por pesquisadores do Consórcio Pesquisa Café, com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e do Polo de Excelência do Café (PEC/Café), sendo editada pela Universidade Federal de Lavras (Ufla).

Assim, o Observatório do Café do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café, na busca dos seus objetivos, tem-se revelado e se firmado como uma ferramenta estratégica para o setor, pois, ao prospectar tendências e cenários, contribui para orientar e retroalimentar o Programa Pesquisa Café em prol da sustentabilidade da cafeicultura brasileira.

Confira as ANÁLISES (Análises e notícias da cafeicultura) divulgadas pelo Observatório do Café no link abaixo:

http://www.consorciopesquisacafe.com.br/index.php/imprensa/noticias

Acesse o Clipping do Observatório do Café – 2018 pelo link:

http://www.consorciopesquisacafe.com.br/index.php/imprensa/clipping/853-clipping-2018

Acesse também as publicações sobre café e portfólio de tecnologias do Consórcio Pesquisa Café:

http://www.consorciopesquisacafe.com.br/index.php/publicacoes/637

Leia também o texto sobre a Evolução da cafeicultura brasileira nas últimas duas décadas pelo link:

http://www.sapc.embrapa.br/arquivos/consorcio/publicacoes_tecnicas/Consorcio-Embrapa-Cafe-Evolucao-27-12-2018.pdf

Chefia Adjunta de Transferência de Tecnologia da Embrapa Café

Texto: Lucas Tadeu Ferreira – MTb 3032/DF e Jamilsen Santos – MTb 11015/DF

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *