Nova taxa de juros do Funcafé acompanha evolução da Selic, diz Abic

Imprimir

O diretor executivo da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), Nathan Herszkowicz, disse nesta quarta-feira (3/6) que já era aguardado o aumento da taxa de juros do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) para as agroindústrias do setor, que subiu de 7,5% para 10,5% a partir de 1º de julho, conforme determinou o Conselho Monetário Nacional (CMN). "Havia rumores de que subiria (taxa de juros)", afirmou.

Segundo ele, o ajuste era esperado porque os juros do Funcafé vêm acompanhando a evolução da taxa básica (Selic), "que tem aumentado continuadamente", informou. Nesta quarta-feira termina reunião de dois dias do Comitê de Política Monetária (Copom), com expectativa de aumento de 0,50 ponto porcentual para a Selic, de 13,25% para 13,75%. Conforme Nathan, não haveria como manter esse descasamento, entre os juros do Funcafé e a taxa básica.

Com relação aos recursos consignados no Orçamento Geral da União para o Funcafé, Nathan observou que "os volumes foram distribuídos por consenso da cadeia produtiva".

Fonte: Estadão Conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *