Nicarágua: produção em 2012/13 deve cair 16%, prevê trading

Imprimir

A Nicarágua deve produzir 1,6 milhão de sacas de 60 quilos de café durante a temporada 2012/13, o que representaria queda de 16% ante o ciclo anterior, projetou o diretor de vendas da divisão nicaraguense da trading Mercon Coffee Corporation, John Gardina, nesta quinta-feira. O executivo acrescentou que a colheita no país em 2011/12 totalizou 1,9 milhão de sacas de café, acima do previsto anteriormente.

O país centro-americano costuma registrar quedas de até 20% da produção durante ciclos fracos como o atual, mas o clima e os investimentos em lavouras estão contribuindo para aumentar a produtividade. Como resultado, a temporada deve ser normal ou melhor do que um ciclo fraco normal.

A Nicarágua alterna entre temporadas de alta e baixa produção à medida que as plantas experimentam ou se recuperam de um período de alto rendimento. O ciclo atual começou em 1º de outubro e se estende até setembro.

Apesar da esperada safra menor, as exportações cresceram 510%, para 360.191 sacas, durante os dois primeiros meses da temporada, ante igual período de 2011/12. Conforme Gardina, isso se deve, ao menos em parte, às vendas da colheita passada para a Venezuela que ainda precisavam ser embarcadas.

Ao contrário de outros países da América Central, a Nicarágua não sofreu muitos ataques do fungo roya, causador da ferrugem. "A situação é extremamente controlada e não acho que isso irá afetar mais de 5% da safra", afirmou o executivo. As informações são da Dow Jones.

Fonte: Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *