Monsanto e John Deere investirão R$ 7,2 milhões em projeto ambiental

Imprimir

A empresa de tecnologia agrícola Monsanto e a John Deere, líder em colhedoras de grãos no país, vão anunciar nesta quarta, dia 8, em Brasília, investimentos de respectivamente R$ 5 milhões e R$ 2,2 milhões no Projeto Bioma, totalizando R$ 7,2 milhões.

Resultado de uma parceria da Confederação da Agricultura e Pecuária (CNA) com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o projeto consiste em assegurar a proteção e uso sustentável nos seis biomas brasileiros: Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pantanal e Pampa. O investimento da Monsanto está sendo feito ao longo de nove anos, de 2010 a 2019.

– A Monsanto colabora com ações que possam garantir a sustentabilidade por meio da adoção de boas práticas produtivas, que evitem o desmatamento e ajudem na recuperação de áreas degradadas – afirmou André Dias, presidente da Monsanto do Brasil.

Já os investimentos da John Deere serão aplicados ao longo dos próximos quatro anos. Segundo Alfredo Miguel Neto, diretor de Assuntos Corporativos para América Latina, a participação da empresa vem ao encontro do objetivo da companhia de oferecer tecnologias mais produtivas e sustentáveis à agricultura brasileira.

– Diante do aumento da demanda global por alimentos, a John Deere trabalha na busca de tecnologias que permitam aos produtores obter maior produtividade, sustentar o crescimento da agricultura e preservar os recursos naturais – comentou.
 

Fonte: Agência Estado 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *