Ministros assinam acordo para promover desenvolvimento sustentável

Imprimir

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, e o ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Wellington Moreira Franco, assinaram acordo de cooperação técnica nesta quinta-feira, 30 de agosto, na Casa de Tecnologia do Mapa/Embrapa, na Expointer, em Esteio/RS. O documento estabelece condições para a realização conjunta de estudos e pesquisas de apoio à formulação de políticas públicas e tem prazo de dois anos.

O objetivo da medida é aperfeiçoar a estratégia de desenvolvimento sustentável da agricultura brasileira, da intensificação da pecuária, da difusão da agricultura irrigada e da expansão das florestas plantadas. Para isso, representantes dos dois ministérios elaborarão planos de trabalho específicos. Cabe a eles, ainda, organizar seminários, workshops e reuniões de trabalho.

Segundo o ministro Mendes Ribeiro, as pesquisas serão fundamentais para dar subsídio para a implementação do projeto de regionalização lançado pelo Ministério da Agricultura. “O projeto de regionalização será feito a partir da pesquisa quanto ao solo e clima. É necessária essa cooperação com os demais órgãos do Governo para aperfeiçoarmos a proposta de trabalhar as necessidades locais do produtor”, explicou.

Mendes Ribeiro e o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, também assinaram as Instruções Normativas que dispõem sobre o Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade da Nata e a que fixa a quantidade mínima de 50% de polpa ou suco de uva no néctar de uva.

Quanto à qualidade da nata, o objetivo é fixar a identidade e os requisitos mínimos de qualidade que o produto deverá ter para consumo humano. Entre as exigências, a composição de gordura láctea deve ser de, no mínimo, 45%. Além disso, deve ser conservada e comercializada em temperatura entre zero grau e 5°C para preservar as características.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social Mapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *