Mercado: semana começa com preços fracos para café no Brasil

Imprimir

O mercado físico brasileiro de café registrou preços de estáveis a mais baixos nesta segunda-feira. O recuo do arábica na Bolsa de Mercadorias de Nova York pesou sobre as cotações, embora a nova subida do dólar tenha dado sustentação ao mercado interno. O dia foi novamente de poucos negócios, com produtores no sul de Minas Gerais negociando ainda os cafés remanescentes da safra 2011.

No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa ficou em R$ 350,00/355,00 a saca, estável. No cerrado mineiro, arábica bebida boa teve preço de R$ 352,00/355,00, contra R$ 355,00/360,00 de sexta-feira.

O café arábica "rio" tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais teve cotação de R$ 300,00/305,00 por saca, contra R$ 305,00/310,00 de sexta-feira.

Já o conillon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, foi cotado a R$ 243,00/245,00 por saca, sem mudanças.

Nova York

A Bolsa de Mercadorias de Nova York (Ice Futures US) para o café arábica encerrou as operações desta segunda-feira com preços moderadamente mais baixos. O mercado voltou a bater nos patamares mais baixos em dois anos na sessão, fechando pela segunda vez em três pregões abaixo de 150,00 centavos de dólar por libra-peso no contrato julho.

Segue pesando sobre as cotações a entrada da safra brasileira, que em 2012 é de ciclo alto produtivo dentro da bienalidade da lavoura. Assim, há o sentimento de boa oferta a chegar ao mercado no curto a médio prazo e a natural pressão sobre as cotações. Fatores técnicos, por outro lado, limitaram as perdas do fechamento. As informações partem de agências de notícias.

Os contratos do café arábica para entrega em julho fecharam negociados a 149,55 centavos de dólar por libra-peso, com desvalorização de 0,50 centavo, ou de 0,3%. A posição setembro fechou a 151,50 cents, queda de 0,50 cent, ou de 0,3%.

Câmbio

O dólar comercial encerrou com queda de 0,68%, a R$ 2,0420 para compra e a R$ 2,0440 para venda. Na sessão de quinta-feira, a divisa havia encerrado em baixa de 0,67%, cotado a R$ 2,0580.

Pelo segundo dia consecutivo, o dólar perdeu força no mercado brasileiro de câmbio. Investidores resolveram adotar uma postura cautelosa em relação as eleições da Grécia, que ocorrerão neste final de semana.

Fonte: Safras & Mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *