Incaper retoma atendimento presencial em alguns municípios

Imprimir
As unidades do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) vão retomar o atendimento presencial em vários municípios capixabas. A medida passa a valer a partir da próxima segunda-feira, 04 de maio. As atividades estavam sendo desenvolvidas remotamente, em função das medidas de prevenção ao novo Coronavírus.

De acordo com o diretor-presidente do Incaper, Antonio Carlos Machado, em nenhum momento as atividades foram paralisadas. “Todos os trabalhos do Incaper foram mantidos, tanto nas unidades do interior quanto na Sede. Foram feitos atendimentos remotos, criadas escalas de revezamento e adotadas diversas medidas para que os resultados de pesquisa, assistência técnica e extensão rural chegassem às mãos dos agricultores. Continuamos seguindo as diretrizes do Governo do Estado pra que este retorno seja gradual, em função do mapa de risco. Munidos de todas as precauções e insumos necessários, vamos aos poucos retomando a normalidade, preservando a vida e o bem-estar tanto dos servidores quanto das famílias rurais capixabas”, explicou.

No Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), os atendimentos também devem voltar à normalidade. “O trabalho do Idaf é essencial, por isso não encerramos as nossas atividades e continuamos realizando atendimento aos produtores rurais, bem como a realização do nosso serviço de fiscalização que promove a segurança dos alimentos de origem animal e vegetal que chegam à mesa dos capixabas”, disse Mário Louzada, diretor-presidente do Idaf.

Ainda segundo Louzada, o Idaf seguiu as diretrizes do Governo do Estado como o revezamento de servidores por escala, e o trabalho remoto para continuar com o funcionamento do instituto. “Agora iremos voltar com o atendimento normalizado nos municípios que apresentaram menos risco de proliferação do Novo Coronavírus. Todos os nossos servidores irão continuar recebendo máscaras e álcool para realizar os atendimentos. Também estão orientados a atenderem apenas pessoas que estiverem usando máscaras. Prezamos pela saúde dos nossos servidores e usuários”, afirmou.

O atendimento permanece remoto nos municípios com Risco Alto, de acordo com a classificação do Mapa de Gestão de Risco. São eles:

Alfredo Chaves
Apiacá
Bom Jesus do Norte
Cariacica
Fundão
Serra
Venda Nova do Imigrante
Viana
Vila Velha
Vitória

Máscaras, álcool e afastamento

A retomada do atendimento presencial nas unidades do Incaper e do Idaf segue os critérios rígidos de prevenção. Os servidores vão atuar utilizando máscaras. Foi adquirida também uma quantidade significativa de álcool 70%, a fim de equipar as unidades e os servidores com os insumos necessários à prevenção do novo Coronavírus. O atendimento nos ELDR será de um agricultor de cada vez, para evitar aglomeração no ambiente interno das unidades. Caso haja mais de uma pessoa necessitando de atendimento, será orientada a formação de uma fila pelo lado de fora (onde for possível), para que os próximos interessados aguardem a vez mantendo uma distância mínima de 1,5m. Solicita-se, ainda, que as pessoas que fazem parte do chamado grupo de risco continuem priorizando o atendimento remoto.

Fonte: Coordenação de Comunicação e Marketing do Incaper (Por Juliana Esteves)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *