Incaper celebra Convênio de Cooperação Técnica com a Prefeitura de Linhares

Imprimir

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) assinou um Convênio de Cooperação Técnica com a Prefeitura Municipal de Linhares nesta segunda-feira (25) visando ao desenvolvimento sustentável do meio rural do município de Linhares. O Projeto de Adequação da Fazenda Experimental de Linhares para disponibilização de soluções tecnológicas para o Espírito Santo será fortalecido com essa iniciativa.

Durante a assinatura do Convênio, que ocorreu no Auditório da Escelsa, no Centro de Linhares, o Diretor-Presidente do Incaper, Evair Vieira de Melo, destacou a importância dessa parceria. “O Projeto de Adequação da Fazenda Experimental de Linhares é fundamental para o desenvolvimento da região Norte do Estado, tendo em vista que será um espaço de adaptação e disponibilização de tecnologias à realidade local, o que resultará em melhorias nos índices de produtividade e rentabilidade dos sistemas de produção, contribuindo assim com o desenvolvimento sustentável desta região”, disse Evair de Melo.

O Convênio, que irá vigorar até 2016, prevê que recursos materiais, humanos e financeiros sejam disponibilizados pelas partes, dentro de suas possibilidades, a fim de que as atividades necessárias para a execução do Projeto de Adequação da Fazenda Experimental de Linhares ocorram da melhor forma possível. Além disso, o Convênio prevê a participação do Incaper e da Prefeitura Municipal de Linhares na execução e avaliação do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável nas áreas econômicas, ambiental e social voltadas para a agropecuária, além de ações de apoio aos serviços prestados pelo Incaper na área de assistência técnica e extensão rural.

Durante a ocasião ocorreu a assinatura de mais dois convênios para o município. Um deles com o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) para a elaboração do Cadastro Ambiental Rural (CAR), que irá auxiliar o órgão a identificar as áreas cultivadas no município e o que está sendo produzido em Linhares. O outro convênio foi celebrado entre a Prefeitura e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para que seja realizada uma cooperação técnica de assistência aos assentados no município.

Estiveram presentes na solenidade, além do Diretor-Presidente do Incaper, o prefeito Municipal de Linhares, Nozinho Corrêa; o secretário de municipal de Agricultura, José Roberto Macedo Fontes; o diretor-Presidente do Idaf, Davi Diniz de Carvalho; a superintendente substituta do Incra, Patrícia Cabral Costa; o presidente da Câmara de Vereadores de Linhares, Milton Simon Baptista; o chefe do Centro Regional de Desenvolvimento Rural Centro Norte, Geraldo Mendes; pesquisadores e extensionistas da Fazenda de Linhares e do Escritório Local do Incaper no município.

Projeto de Adequação da Fazenda Experimental de Linhares

O Projeto de Adequação da Fazenda Experimental de Linhares para disponibilização de soluções tecnológicas para o Espírito Santo objetiva contribuir para o desenvolvimento sustentável do Espírito Santo por meio do repasse de tecnologias desenvolvidas ou adaptadas às condições edafoclimáticas da região, visando assegurar e fortalecer a base econômica, a inclusão social e o manejo sustentável dos recursos naturais, buscando a diversificação produtiva e geração de emprego e renda.

Entre os objetivos do Projeto estão a instalação unidades de referência em fruticultura, cafeicultura, culturas alimentares, pecuária e reflorestamento; a adequação e aparelhamento da antiga sede da fazenda; reabilitação da Unidade Experimental de Produção Animal para promover ações de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) em agroecologia; capacitação de 100 agentes de desenvolvimento rural do Incaper (extensionistas) em fruticultura, pecuária, agroecologia e recursos naturais e capacitação de 600 agricultores com ações de Ater em fruticultura, pecuária, agroecologia e recursos naturais.

Atualmente, a Fazenda de Linhares abriga o Centro Regional de Desenvolvimento Rural Centro Norte, que é uma unidade técnica, científica e administrativa de âmbito regional do Incaper, abrangendo 16 municípios da Região Centro Norte do Espírito Santo. O CRDR, atualmente, concentra os recursos humanos de pesquisa e com fins administrativos, possui em suas instalações: escritórios, biblioteca, auditório, laboratórios de entomologia, fisiologia vegetal, solos, entomologia, fitopatologia, unidades de processamento de grãos, plantios, áreas de pastagens, alojamentos, unidades demonstrativas de produção animal e vegetal.

O CRDR também possui a Unidade Experimental de Produção Animal Agroecológica (UEPA), implantada oficialmente em novembro de 2006. O foco principal da UEPA é dinamizar a agricultura seguindo os princípios da Agroecologia na Região Norte do Espírito Santo como estratégia para a transição a estilos de produção e desenvolvimento mais sustentáveis. As tecnologias geradas nos sistemas agroecológicos integrados de produção animal implantados na UEPA são estendidas aos agricultores familiares, grupos de mulheres, estudantes, profissionais, pescadores, indígenas e demais interessados.

Para atingir esse objetivo, a UEPA apresenta um caráter multifuncional, atendendo a propósitos de pesquisa, treinamentos, produção de materiais para fomento às famílias rurais, observação e demonstração de métodos. O foco das atividades é a produção de alimentos de origem animal (policultivos de peixes, aves e meliponicultura/abelhas sem ferrão), a promoção e manutenção da fertilidade do solo, por meio da ciclagem de nutrientes em processos de compostagem orgânica e vermicompostagem (minhocultura). Desde a sua implantação, essa unidade já recebeu dezenas de estagiários e cerca de 2.000 visitantes em dias de campo, cursos, oficinas e excursões.

Fonte: Assessoria de Comunicação Incaper

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *