Iapar encerra o serviço de alerta geada deste ano

Imprimir

O Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) emite nesta quarta-feira (12) o último aviso do Alerta Geada, serviço voltado para a cafeicultura em funcionamento há 18 anos e que opera no período de maio a setembro. Mas os alertas retornam em maio de 2013, ou na eventualidade de ocorrência do fenômeno fora de época.

O Alerta é emitido pelo Iapar quando há risco de ocorrência do fenômeno capaz de provocar danos severos nas lavouras de café, sobretudo aquelas em que há necessidade do enterrio de mudas e cobertura de viveiros. Este ano o alerta voltou a ser enviado aos usuários também por meio de torpedo (SMS – Short Message Service) no celular. Até então, cafeicultores, técnicos, viveiristas e comerciantes de café recebiam os avisos por meio de notícias veiculadas na imprensa, site do Iapar, e-mail, redes sociais e mensagem de telefone (43 3391-4500).

INVERNO NORMAL – O inverno de 2012, de acordo com a meteorologista Angela Costa, transcorreu dentro dos padrões de normalidade, sem a influência em larga escala de fenômenos como “La Niña” ou “El Niño”. Por conta disso, foram registradas apenas quatro ondas de frio no estado, com formação de geada de fraca intensidade nas baixadas, sem riscos para as lavouras cafeeiras do estado.

O Alerta Geada informa o cafeicultor com antecedência para que ele tome medidas de proteção da lavoura. Na medida em que entram massas de ar polar com risco de danificar lavouras cafeeiras, o sistema emite um aviso de previsão de geada com 48 ou 24 horas de antecedência.

Assim, o produtor pode tomar algumas medidas para minimizar os riscos. Em pés de café com até seis meses, a recomendação é o enterrio das mudas, que podem ficar nessa condição por um período de até 20 dias.

Nas lavouras maiores, de seis meses a dois anos, a técnica mais adequada é o “chegamento” de terra no tronco, o que pode ser feito logo no mês de maio e durar todo o inverno. Agora em setembro é recomendado liberar o cafeeiro do chegamento de terra.

Cafeicultores, viveiristas ou profissionais ligados ao mercado cafeeiro que desejam receber o alerta via SMS no próximo ano precisam cadastrar-se no site do Iapar: www.iapar.br.

O Alerta Geada é um serviço da Secretaria estadual da Agricultura e Abastecimento (por meio das vinculadas Iapar e Emater), Simepar e Consórcio Pesquisa Café.

Fonte: Paraná TV 2ª edição – Londrina

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *