Governo vai discutir financiamento da colheita do café que já começou voltar

Imprimir

O secretário de Produção e Agronergia, Manoel Bertone, informou terça-feira (04/05) que a cadeia produtiva do café vai se reunir na quinta-feira da semana que vem (13) para discutir o financiamento da safra 2010/11, cuja colheita já começou em algumas regiões produtoras. Conforme Bertone, a ideia é "aplicar mecanismos melhor protegidos".

O secretário acrescentou que o setor produtivo reivindica recursos para carregar estoques, já que a safra brasileira deve ser uma das maiores de todos os tempos, entre 45,9 milhões e 48,6 milhões de sacas, de acordo com levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Bertone salientou que o objetivo é "aumentar o número de financiamento para um menor risco, tanto para o produtor como para a instituição financeira". Segundo ele, o governo pode optar por financiamento atrelado a contratos de opção, ao Prêmio de Escoamento de Produto (PEP), ou outro mecanismo, que ainda será analisado.

Bertone comentou, ainda, que o governo deve receber entre 1,7 milhão a 1,8 milhão de sacas de café, referentes aos contratos de opção, lançados em meados do ano passado, cujo volume total era de 3 milhões de sacas. Segundo ele, os cafeicultores não realizaram a entrega da totalidade dos contratos, entre outros motivos, porque a Conab foi rigorosa na avaliação dos lotes. Bertone participa hoje do Seminário Perspectivas para o Agrobusiness em 2010 e 2011, promovido em São Paulo pela BM&FBovespa e Ministério da Agricultura, em São Paulo.

Fonte: Revista Cafeicultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *