Funcafé: CMN aprova mais R$ 600 milhões para estocagem

Imprimir

A assessoria de comunicação do Conselho Nacional do Café (CNC) informa que, em reunião ordinária realizada nesta quinta-feira, 27 de setembro, o Conselho Monetário Nacional (CMN) elevou em R$ 600 milhões o montante de recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) voltados às operações de Estocagem em 2012. Assim, o total destinado a esta linha chega a R$ 1,5 bilhão na safra atual.

O órgão explica que o aumento se deu em função da previsão de alta de 13% na produção brasileira de café em relação ao ciclo 2011 e, também, por causa da aproximação do término da colheita nas principais regiões produtoras do País, ampliando a demanda de produtores e cooperativas para contratações da linha de crédito de Estocagem.

Conforme anunciado em nossos boletins semanais, o CNC trabalhou junto ao Governo Federal para a liberação desses R$ 600 milhões adicionais à Estocagem, entendendo que era necessário um montante de recursos satisfatório para que os produtores pudessem armazenar a safra e não fossem obrigados a vender assim que colhessem, fato que pressionaria sobremaneira os preços no mercado.

Agradecemos o empenho do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em relação à tramitação desse nosso pleito — aprovado por toda a cadeia produtiva no âmbito do Conselho Deliberativo da Política Cafeeira (CDPC) —, em especial ao ministro Mendes Ribeiro, aos secretários José Carlos Vaz (Executivo) e Gerardo Fontelles (Produção e Agroenergia) e ao diretor do Departamento do Café, Edilson Alcântara.

Atenciosamente,

Paulo André Colucci Kawasaki (Assessor de Comunicação – CNC)

Fonte: Conselho Nacional do Café (CNC)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *