Exportações brasileiras de café têm forte alta em outubro

Imprimir

Os embarques de café do país somaram 3,3 milhões de sacas de 60 quilos e renderam US$ 673 milhões em outubro, conforme dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex/Mdic) compilados pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CeCafé). Em relação ao mesmo mês de 2013, houve incrementos de 38,7% e 0,9%, respectivamente. Os dados incluem café verde, torrado e moído e solúvel.

A forte alta da receita cambial obtida com as vendas decorre da recuperação das cotações da commodity no mercado internacional, impulsionada pelos problemas causados pela seca à produção brasileira. Com o resultado de outubro, nos primeiros quatro meses da safra atual (2014/15) as exportações chegaram a 12,4 milhões de sacas, ou US$ 2,4 bilhões — crescimentos de 14% e 46,4% na comparação com mesmo período de 2013.

“O mercado mundial continua receptivo ao café brasileiro, sendo que nos últimos dez meses tivemos um crescimento de 20,4% na receita com as exportações do grão e de 15,4% no volume exportado”, afirma, em comunicado, Guilherme Braga, diretor-geral do CeCafé. Foram embarcadas quase 30 milhões de sacas no período, que renderam US$ 5,3 bilhões.

“O volume de café de qualidade produzido e exportado pelo Brasil também vem apresentando bons resultados, apesar da seca ter provocado uma redução no tamanho do grão. Ainda assim, a safra pode ser entendida como de boa qualidade, o que ajuda a vender. No mês de novembro e dezembro a tendência é que essa situação se mantenha. Isso nos leva a crer que devemos fechar o ano civil com aproximadamente 36 milhões de sacas exportadas”, diz Braga.

Fonte: Valor Econômico (Fernando Lopes) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *