Exportação de café aos árabes cresceu 10% em 2015

Imprimir

As exportações brasileiras de café aos países árabes renderam US$ 218,5 milhões no ano passado. Foram embarcadas mais de 1,5 milhão de sacas de 60 quilos do produto. Tanto a receita obtida quando os volumes comercializados aumentaram pouco mais de 10% em comparação com 2014, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (19) pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

Os exportadores tiveram um ano positivo em 2015. No total, o Brasil exportou 36,89 milhões de sacas no ano passado, volume recorde, segundo o Cecafé, apesar de “dois anos de forte estiagem” nas lavouras. A entidade avaliou o resultado como surpreendente.

O total embarcado no ano passado foi 1,3% superior ao registrado em 2014. A receita obtida, porém, caiu 7% para US$ 6,1 bilhões. O preço médio da saca recuou 8,2% de um ano para o outro, de acordo com o Cecafé.

No entanto, com a forte valorização do dólar frente ao real ao longo do ano passado, os exportadores faturaram mais em reais. Em moeda brasileira, as exportações somaram R$ 20,5 bilhões em 2015, contra R$ 15,5 bilhões em 2014.

O café do tipo arábica respondeu por 79% das exportações, o robusta por 11,3%, o solúvel por 9,6%, e o torrado e moído por 0,1%.

Os dez principais mercados do café do Brasil em 2015 foram os Estados Unidos, Alemanha, Itália, Japão, Bélgica, Reino Unido, Turquia, Rússia, Canadá e França.

Fonte: ANBA – Agência de Notícias Brasil-Árabe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *