Em Brasília, Código Florestal volta a ser discutido no Congresso

Imprimir

Comissão mista abriu as discussões sobre os vetos realizados. Em audiência pública, os parlamentares ouviram quatro ministros.

A audiência durou pouco mais de cinco horas e teve o plenário lotado. O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro, foi o primeiro a falar. Disse que a medida provisória avançou na preservação das margens de rios e que acaba com a insegurança jurídica no campo.

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, elogiou as mudanças feitas até agora, mas os ambientalistas saíram da audiência insatisfeitos.

Agora, a comissão mista vai avaliar quais emendas apresentadas devem ser acrescentadas.

O relatório deve passar ainda por uma apresentação na semana que vem para só depois ser votado, o que está previsto inicialmente para o dia 10 de julho.

“Nossa responsabilidade é ouvir, debater sobre todas as emendas, respeitando tudo, mas, obviamente, caminhando para o fim. Devemos obter uma síntese que traga o equilíbrio entre preservar e produzir”, disse o deputado Elvino Bohn Gass, presidente da comissão.
Além dos ministros da Agricultura e do Meio Ambiente, a audiência também ouviu os ministros do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, e das Cidades, Aguinaldo Ribeiro. O relatório final da comissão precisa ainda ser votado na Câmara e no Senado.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *