Curso online gratuito do SENAR aborda Currículo de Sustentabilidade do Café

Imprimir
Principal documento de elaboração coletiva e para guiar a aplicação de práticas sustentáveis na cafeicultura, o Currículo de Sustentabilidade do Café (CSC) pode ser conhecido e estudado no curso “Sustentabilidade na Produção do Café”, que o SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) oferece em sua plataforma de Ensino à Distância (EaD), de forma aberta e gratuita. As únicas condições exigidas aos interessados é ter ao menos 16 anos de idade e um computador com requisitos técnicos mínimos para o aproveitamento total das atividades.

Os temas e tópicos tratados no curso são:
– Aspectos econômicos – Gestão da propriedade; Responsabilidade técnica e análise de risco; Registro de informações e rastreabilidade; Cumprimento da legislação.
– Aspectos produtivos – Material propagativo e implantação de cafezais; Fertilidade do solo e nutrição do cafeeiro; Cobertura do solo e manejo do mato; Proteção integrada do cafeeiro; Aplicação de agroquímicos; Colheita e pós-colheita do café.
– Aspectos ambientais – Tratamento e destinação de resíduos; Cobertura vegetal e biodiversidade; Consumo de energia; Manuseio e armazenagem de agroquímicos; Conservação do solo e mitigação dos efeitos da seca; Uso de água e irrigação.
– Aspectos sociais – Legislação trabalhista; Segurança e saúde no trabalho; Bem-estar dos trabalhadores; O futuro do café.

As ferramentas de aprendizagem incluem material em PDF, fóruns e chats, atividades interativas, bem como tutores e monitores à disposição. O curso se destina a produtores, filhos de produtores, trabalhadores rurais e profissionais do setor, em especial aqueles envolvidos com cafeicultura e que desejam produzir de maneira sustentável.

Para saber mais e receber um aviso sobre a próxima turma, acesse a página do curso no Portal EaD SENAR: http://ead.senar.org.br/cursos/campo-sustentavel/sustentabilidade-na-producao-do-cafe/ . A iniciativa é fruto de parceria do SENAR com a Plataforma Global do Café, rede colaborativa formada por membros da cadeia, que desenvolveu o Currículo de Sustentabilidade do Café (CSC), no âmbito do programa brasileiro. O SENAR é membro do Grupo de Trabalho Brasil (GTB) da Plataforma Global do Café e parceiro na implementação da sustentabilidade na produção.

Somente em 2017, 1.375 pessoas de 12 turmas concluíram o curso online do SENAR, com predominância masculina (55%) e da faixa etária de 18 a 25 anos (48%). 60% dos concluintes têm nível de escolaridade superior, são majoritariamente de Minas Gerais e São Paulo, sendo que todas as 27 unidades federativas foram representadas. Ao final do curso, todos respondem a uma pesquisa de satisfação. O índice de satisfação geral de 99% reflete a qualidade incontestável deste curso sobre sustentabilidade no café.

Fazendinha GCP (1628 x 1137)Fazendinha GCP (Divulgação/Plataforma Global do Café)

Programa Brasil da GCP
Parte das ações da Plataforma Global do Café, o Programa Brasil de Sustentabilidade estimula e difunde, desde 2012, práticas sustentáveis na cafeicultura. Sua principal referência é o Currículo de Sustentabilidade do Café (CSC),que vem sendo disseminado por parceiros e membros do programa, comoserviços de extensão, cooperativas, exportadores e centros de ensino, nos principais estados produtores de café (MG, ES, SP, RO, PR e BA). Com foco no pequeno e médio produtor, o programa tem proporcionado o alinhamento de iniciativas que aconteciam isoladamente e busca fortalecer parcerias para uma produção de café sustentável.

Sobre a Plataforma Global do Café
A Plataforma Global do Café (GCP, da sigla em inglês) é uma associação internacional com mais de 200 membros de todos os segmentos da cadeia produtiva. Ela atua hoje em 8 países produtores, como Colômbia, Honduras, Peru, Indonésia, Uganda, Quênia, Vietnã e Brasil, que criam suas próprias estratégias de sustentabilidade no campo e compartilham informações e experiências. A GCP tem como visão um setor cafeeiro sustentável que ofereça boas condições de vida para produtores e trabalhadores e assegure a oferta futura enquanto protege os recursos naturais. No Brasil, país onde está mais consolidada e atuante, tem um programa abrangente coordenado pela empresa P&A. Os projetos brasileiros são implementados por meio de uma ampla rede de parceiros, com uma abordagem participativa e colaborativa. Saiba mais em http://www.globalcoffeeplatform.org/pt/.

Fonte: ADS Comunicação Corporativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *