Cuba produziu um quarto do café que consome anualmente no país

Imprimir

Um dirigente do Ministério da Agricultura cubano admitiu ao semanário económico "Opciones" que a produção de café "está muito longe do volume requerido para satisfazer a procura interna" numa altura em que o setor procura reduzir gradualmente as, pelo menos, 8.000 toneladas de café importado anualmente para o país.

Para isso, as plantações em Cuba terão de aumentar de área em mais de 90% para que em 2020 seja possível alcançar uma produção de 23.160 toneladas de café, satisfazendo assim as necessidades do país.

Por outro lado, um dirigente do setor, explicou que Cuba está a trabalhar para aumentar a qualidade do café produzido no país.

O primeiro impacto do programa de recuperação da indústria cubana do café será palpável em 2016 quando se esperam colher mais de 12.000 toneladas distribuídas por 710.349 hectares de terra.

Nos anos de 1960, segundo o jornal, Cuba produzia 62.000 toneladas de café.

O racionamento do café para os cubanos é insuficiente para o consumo nacional o que leva as pessoas a comprar o produto em lojas onde a venda se faz com divisas, fazendo subir os preços a níveis que muitas famílias não conseguem suportar.

Cerca de 89% da população cubana toma café e o consumo é 42% mais elevado que no resto do mundo.

RTP Notícias
Fonte: Lusa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *