Crescem as exportações de café em abril, aponta Cecafé

Imprimir

As exportações brasileiras de café registraram em abril um incremento de 8,3% no volume de sacas embarcadas se comparado ao mesmo mês em 2013. Foram exportadas 3.006.248 sacas, considerando o verde, torrado & moído e solúvel. Em abril do ano passado foram 2.776.094.

A receita aumentou 5,3% na mesma comparação, fechando em US$ 520,986 milhões. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (8/5) pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

No período de janeiro a abril foram exportadas 11.452.977 sacas, crescimento de 12,8% em relação ao mesmo período de 2013.

O diretor-geral do Cecafé, Guilherme Braga, avalia que os números mostram uma recuperação dos preços no mês de abril com a saca vendida a um preço médio FOB de US$ 173, enquanto em março, o valor estava em US$ 160, em média.

“O volume exportado em abril também pode ser considerado bom, por ser um mês de entressafra e a expectativa é que isso se mantenha no mês de maio”, disse Braga, em comunicado do Cecafé.

Considerando o ano-safra, foram comercializadas 27.942.081 sacas entre julho de 2013 e abril de 2014, 7,8% a mais que no mesmo período da safra anterior. A receita acumulada no período foi de US$ 4,203 bilhões.

O café arábica respondeu por 85,3% das vendas de janeiro a abril, o solúvel por 9,4% e, o robusta, por 5,2%. Os cafés diferenciados (arábica e conillon) tiveram participação de 22,2% nas exportações em termos de volume e de 29,8% na receita cambial.

Nos quatro primeiros meses de 2014, a Europa foi o principal mercado importador de café do Brasil, respondendo por 55% do total, enquanto América do Norte adquiriu 24%, Ásia 16%, América do Sul 3%, África 1% e Oceania 1%.

Ainda segundo o Conselho, 76,2% do volume embarcado saíram pelo Porto de Santos (8.722.347 sacas). Depois aparecem os portos do Rio de Janeiro, com 19,2% do total (2.198.231 sacas), e o de Vitória, de onde saíram 2,2% do total (249.144 sacas). 

 

Fonte: Globo Rural Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *