Cooxupé prevê quebra de 25,1% na safra de café em 2013

Imprimir

A safra de café para o ano de 2013 na área de ação da Cooxupé, cooperativa que abrange 12 mil produtores do grão nas regiões de Sul de Minas Gerais, Cerrado Mineiro e também no estado de São Paulo, sofrerá uma quebra de 25,1% em relação ao ano de 2012. O dado é apontado pela própria cooperativa, que possui sede na cidade mineira de Guaxupé.

Os dados constatados pela Cooxupé são frutos de uma pesquisa promovida pela equipe técnica da cooperativa, composta por engenheiros agrônomos e técnicos que realizaram durante o ano, entrevistas, visitas em propriedades e avaliação de campo logo após a florada e na fase em que o café se encontra na forma de ‘chumbinho’, geralmente nos meses de outubro e novembro.

A cafeicultura brasileira tem por característica a bienalidade, ou seja, safras altas alternadas com safras baixas. Em 2012, na área de ação da Cooxupé foram produzidas 9.684.929 sacas de café. Para o próximo ano, a primeira estimativa de produção é de 7.254.756 sacas, o que totaliza uma quebra de 25,1%. Baseando-se nesse resultado, a cooperativa ainda informa a previsão de quebra específica em cada região de ação, sendo de 26,1% no estado de São Paulo, de 25,9% no Sul de Minas e 23,7% na área do Cerrado Mineiro.

Segundo José Eduardo Santos Júnior, Superintendente de Desenvolvimento dos Cooperados da Cooxupé, o trabalho de pesquisa realizado pela equipe técnica da cooperativa é de suma importância para as descobertas e planejamento para as próximas safras. “Ao ter uma previsão dos números, tanto a Cooxupé quanto os produtores têm condições de se programarem com relação às suas produções”, afirma.

Sobre a quebra de 25,1%, o Presidente da Cooxupé, Carlos Paulino da Costa, considera que o número “é uma quebra substancial na produção em 2013. Apesar de ser o primeiro indicativo, se esse percentual abranger o restante do Brasil, não ficaremos imunes de uma quebra significativa na produção vindoura. É preciso ficar atento!”, alerta.

Fonte: Phábrica de Ideias – Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *