Consumo mundial de café aumenta 1,3% e passa para 139 milhões de sacas

Imprimir

O consumo mundial de café aumentou 1,3% para 139 milhões de sacas em 2011 em comparação com 137,2 milhões de sacas em 2010 impulsionado pela crescente demanda no Brasil, Vietnã, México, Índia, Venezuela e outros países, de acordo com a Organização Internacional do Café (OIC).

Conforme os dados da OIC, os países exportadores consumiu 42,4 milhões de sacas de café em 2011 em comparação a 41 milhões de sacas no período anterior. Em seu mais recente relatório da organização disse: "As maiores taxas de crescimento (do consumo) foram encontrados principalmente em países exportadores, que aumentaram sua participação no total de 25% em 2000 para 30,5% em 2011", informou o Economic Times.

O consumo nos países importadores, incluindo os EUA, Alemanha, Japão, França, Itália, Reino Unido e Espanha, foi de 96,6 milhões de sacas em 2011 em comparação com 96,1 milhões de sacas em período do ano passado. Os países importadores, incluindo os EUA, Alemanha, Japão, França, Itália, Reino Unido e Espanha, consumiu 96,6 milhões de sacas em 2011 em comparação com 96,1 milhões de sacas em 2010.

Em mercados emergentes como Rússia, Coréia, Ucrânia, Austrália, Argélia, etc, o consumo de café aumentou ligeiramente para 25,8 milhões de sacas de 25,2 milhões de sacas no ano-safra anterior.

A produção global de café foi estimada estável em 134,3 milhões de sacas em ano-safra 2011-12, que vai de outubro a setembro, em comparação com 2010-11, como a escassez de produção no Brasil foi compensada pelo aumento da produção em outros países, sobretudo do Vietnã , Peru e Honduras.

Fonte: AgnoCafé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *