Colombianos conhecem processos e inovações da Cooxupé

Imprimir

Cerca de 30 produtores de café colombianos estiveram na Cooxupé, na quinta-feira, 6 de setembro, para conhecer as lavouras de café do Sul de Minas e observar as diferentes formas de manejo do grão tanto na lavoura quanto na comercialização do café brasileiro.

Durante a visita, o presidente da cooperativa, Carlos Paulino da Costa, fez uma apresentação geral da Cooxupé, e surpreendeu os visitantes com tamanha tecnologia empregada em todos os processos.

Segundo o produtor colombiano Santiago Correa, que visita o Brasil pela primeira vez, a receptividade dentro da cooperativa deixou todos impressionados. “Estou simplesmente encantado com tudo o que vi e com a forma com que a cooperativa compartilha o conhecimento”, conta.

Com a produção de café colombiano caindo fortemente nos últimos anos, por causa do clima desfavorável – o país produzia cerca de 11 milhões de sacas de café e, após o fenômeno climático La Niña, a colheita em 2011 caiu para 7,8 milhões – os visitantes estão em busca de soluções.

Segundo Marcos Dutra, coordenador da visita e Desenvolvimento Técnico de Mercado da Syngenta, o encontro foi bastante positivo. “Os produtores vão voltar para Colômbia com novas ideias e soluções. Isso não é uma receita exata, mas tenho certeza que todos estão pensando diferente, após conhecer os processos inovadores da Cooxupé”, revela.

Durante a visita, o grupo também assistiu uma palestra sobre os aspectos gerais da cafeicultura do Sul de Minas, ministrada pelo coordenador de Desenvolvimento Técnico da Cooxupé, Mário Ferraz.

Além de Guaxupé, os produtores conheceram lavouras de café na região de Alfenas, Varginha e Lavras, cidades localizadas no Sul de Minas Gerais.

Fonte: Phábrica de Ideias – Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *