CNA e Mapa debatem novo modelo das Câmaras Setoriais

Imprimir
A experiência da CNA na organização de comissões nacionais que tratam de temas relevantes para o setor vai se somar às ações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no novo modelo de gestão das Câmaras Setoriais do órgão.

O tema foi assunto de reunião na segunda (25) entre representantes do Mapa e assessores técnicos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em Brasília.

Como entidade representativa dos produtores rurais brasileiros, a CNA já possui assento nas Câmaras Setoriais e Temáticas do Mapa. Esses fóruns de discussão reúnem também empresários, instituições bancárias e do governo para discutir propostas para o setor produtivo.

De acordo com o superintendente técnico da CNA, Bruno Lucchi, a cooperação entre a Confederação e o Ministério resultará em mais efetividade na gestão das Câmaras Setoriais.

“Vamos colaborar com o desenvolvimento da agenda estratégica de cada Câmara Setorial, incluindo a implementação de indicadores para a realização do acompanhamento das ações. Isso possibilitará a utilização de ferramentas de gestão para continuar impulsionado o agronegócio brasileiro”, declarou o superintendente.

Segundo Eduardo Marcusso, técnico do Mapa, a nova organização apresentará temas transversais comuns a todas as Câmaras como, por exemplo, crédito rural, logística e defesa agropecuária.

“A atualização da agenda estratégica das Câmaras Setoriais é essencial para a formulação de políticas públicas do Ministério da Agricultura. Nesse sentido, a cooperação da CNA é relevante para novo modelo de gestão e desenvolvimento de eixos estruturantes que servirão de base para os fóruns de discussão”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Comunicação CNA/SENAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *