Clima: tendências para os próximos dias no Brasil

Imprimir

Aos poucos, a frente fria perde força sobre o Brasil. Tanto que os mapas com acumulado de chuva em cinco dias não indicam grandes acumulados para o Sudeste e Nordeste até o dia 14 de novembro. No Centro-Oeste, apesar do enfraquecimento da frente fria, áreas de instabilidade ainda serão responsáveis por acumulado de mais de 70mm no Distrito Federal, Goiás e Mato Grosso.

Já na Região Norte, diferentemente da maior parte do Brasil, a previsão é de intensos temporais até o fim de semana. O acumulado poderá chegar a 200mm no oeste e noroeste do Amazonas. Apesar de forte, apenas esta chuva não resolve o problema da navegabilidade dos rios amazônicos, mas é claro que ela ajuda. Na Região Sul, a previsão é de tempo seco e temperaturas muito baixas, bastante incomuns para época do ano. Esperam-se geadas na Serra Geral e na Campanha e algumas cidades registrarão mínimas negativas.

No sábado, a frente fria estará na altura do litoral sul da Bahia. Não choverá em todas a área citada, mas mesmo assim, o dia será pouco proveitoso para a praia desde o litoral sul da Bahia até o litoral paulista. Isto acontecerá pela temperatura, que será baixa em boa parte da faixa litorânea, com ventos relativamente fortes do quadrante sul. Por outro lado, a praia está garantida desde a costa de Sergipe até o litoral do Pará.

Para quem gosta de frio, uma boa pedida será seguir para o Sul. O sol predomina ao longo de todo o dia e a tarde será agradável. No domingo, a frente fria permanecerá estacionada na altura do litoral sul da Bahia, mantendo o tempo fechado e chuvoso. Nas praias do Sudeste, o tempo começa a melhorar. Na maior parte das praias do Nordeste, o domingo também será de sol. Na Região Sul, o frio da madrugada vai embora da Serra e a sensação será de calor no oeste do Rio Grande do Sul na tarde do domingo.

Fonte: Tempo Agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *