Certificação de café garante prêmio aos produtores do grão de MG

Imprimir

Dois anos depois de criar a associação, o grupo de pequenos produtores de café de Patrocínio, região do cerrado de Minas Gerais, conseguiu vender a primeira carga de café para o exterior. “Para nós hoje é uma satisfação muito grande de um sonho realizado. Hoje, nós estamos fazendo nossa primeira exportação de café para o Canadá”, diz José da Cruz Pereira, presidente da cooperativa. “Eu acho que foi um bom negócio. Os pequenos produtores juntos têm uma força maior de comercialização e até de compra de defensivos e insumos juntos”, avalia o cafeicultor Prosolino Prado.

Os produtores receberam um prêmio extra por causa da certificação fair trade, que quer dizer comércio justo. Os cafeicultores receberam R$ 530 por cada uma das 2,66 mil sacas negociadas com um comprador norte-americano e ainda ganharam gratificação de R$ 46 por saca por causa da certificação. “Esse prêmio será usado em benefício dos associados membros da associação.

Pelo menos 25% do prêmio têm que ser usado na melhoria da qualidade do café”, explica Carlos Behrender, vice-presidente da cooperativa. O café da associação sairá de Patrocínio para o Porto de Santos, em São Paulo. Depois, a carga será transportada para Toronto, no Canadá.

Fonte: AgnoCafe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *