CEPEA: café robusta segue em patamar recorde no Brasil

Imprimir

Os preços do café robusta encerraram setembro em patamares recordes, tanto no Espírito Santo quanto em Rondônia. Apesar disso, o ritmo de negócios está lento nos dois estados, já que, à espera de novos aumentos, produtores consultados pelo Cepea se mantêm retraídos.

O atual nível de preços reflete a forte quebra da safra 2015/16, o baixo volume exportado pelo Vietnã nos últimos meses – que favoreceu as vendas brasileiras do robusta – e também o calor intenso em setembro que, segundo alguns produtores, já pode atrapalhar a florada da próxima safra.

No acumulado do mês, o Indicador CEPEA/ESALQ do robusta tipo 6 peneira 13 acima subiu 7,15%, fechando a R$ 352,91/saca de 60 kg no dia 30 (a retirar no Espírito Santo.(Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br)

Cepea/Esalq USP

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *