Cafeicultores do Vietnã ainda seguram suas vendas à espera de preços melhores

Imprimir

Os produtores de café do Vietnã continuam segurando suas vendas à espera de uma alta nos preços, mesmo em um período em que se aproxima o final da colheita no país, que é um dos maiores produtores mundiais do robusta.

Assim, segundo informações da Associação de Café e Cacau do Vietnã (Vicofa), as exportações locais caíram para 100 mil toneladas em dezembro de 2013, contra 163 mil do mesmo mês do ano anterior. No atual ano-safra, as vendas poderão chegar a 1,41 milhão de toneladas, em linha com o ano anterior, quando as exportações chegaram a 1,42 milhões de toneladas.

A colheita da safra 2013/14, em relação à temporada 2012/13, deverá registrar uma queda de 15%, segundo a entidade.

"Apenas um pequeno número de agricultores está vendendo moderadamente a fim de obter dinheiro para suas despesas diárias e para a preparação para os feriados do Ano Novo Lunar. Nos atuais preços, agricultores não terão lucro devido ao aumento dos custos dos insumos nos últimos anos", disse Nguyen Viet Vinh, secretário-gerla da Vicofa à agência internacional Dom Jones Newswires.

A associação espera ainda a liberação de uma verba do governo vietnamita para empréstimos a juros baixos para que exportadores de café possam estocar até 300 mil toneladas e, dessa forma, reduzir a pressão da oferta e criar um suporte para os preços.

Luong Van Tu, chairman da Vicofa, afirmou, em novembro, que o programa de estocagem do governo deverá iniciar suas compras na primeira metade deste novo ano.

Fonte: Dow Jones Newswires via Notícias Agrícolas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *