Cafeicultores devem ter mais R$ 600 milhões para estocagem

Imprimir

O Conselho Monetário Nacional (CMN) deve aprovar, no próximo dia 30, a liberação de mais de R$ 600 milhões do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) para a linha de estocagem da safra 2012/13. Segundo relatório semanal do Conselho Nacional do Café (CNC), a informação foi repassada pelo diretor do Departamento do Café do Ministério da Agricultura, Edilson Alcântara.

O CNC também afirmou no mesmo documento que os agentes financeiros têm interesse em empregar mais recursos para a linha de estocagem do café, valor que pode chegar a R$ 1,2 bilhão, sendo originários dos Recursos Obrigatórios (RO). Assim, o setor terá mais R$ 1,8 bilhão para a estocagem da safra 2012, valores que o CNC acredita que poderão possibilitar a armazenagem de aproximadamente 4 milhões de sacas.

Até o momento, as liberações do Funcafé aos agentes financeiros permitiram a armazenagem de 2 milhões de sacas. Somado a isso, existem os recursos empregados pelo Banco do Brasil, que possibilitaram que 1 milhão de sacas fossem estocadas, e dos demais agentes, que também foram suficientes para a armazenagem de 1 milhão de sacas. Assim, 4 milhões de sacas do grão já estão armazenadas e outras 4 milhões poderão ser, cumprindo o objetivo de ordenar as vendas. A meta traçada junto ao Governo Federal é estocar 12 milhões de sacas até o fim do ano, de modo a não pressionar o mercado e fazer com o que produtor consiga cotações rentáveis ao aproveitar os momentos de alta nos preços.

Fonte: Valor Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *