Café especial: Cup of Excellence – Naturals 2015 tem 32 vencedores

Imprimir

Os cafés naturais do Brasil conquistam, a cada ano, o paladar dos principais provadores do mundo. O reflexo mais recente é o resultado do Cup of Excellence – Naturals 2015, divulgado na noite de sexta-feira, 11 de dezembro, em cerimônia realizada em Franca, na região da Alta Mogiana do Estado de São Paulo. Foram 32 vencedores, de cinco origens produtoras — Indicação de Procedência da Mantiqueira de Minas, Sul de Minas Gerais, Matas de Minas Gerais, Média Mogiana (SP) e Indicação de Procedência da Alta Mogiana (SP) —, com o título ficando com Sebastião Afonso da Silva, do Sítio São Sebastião, em Cristina, município da Indicação de Procedência da Mantiqueira de Minas.

Além do produto de Sebastião, merecem destaque os cafés produzidos por Maria Valeria Costa Pereira, na Fazenda Irmãos Pereira, e por Ralph de Castro Junqueira, na Fazenda Kaquend, ambas em Carmo de Minas, também na Indicação de Procedência da Mantiqueira de Minas, segundo e terceiro colocados, respectivamente, e que, juntamente com o campeão, obtiveram notas superiores a 90 pontos, sendo consagrados como cafés presidenciais. Veja, no site da BSCA (http://bsca.com.br/cup-of-excellence-late-harvest.php?id=28), a lista com todos os vencedores do Cup of Excellence – Naturals 2015, concurso realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a Alliance for Coffee Excellence (ACE), com apoio do Sebrae e auditoria da Safe Trace Café.

Com o excelente resultado alcançado pelos cafés naturais do Brasil no concurso, a expectativa é que os 32 vencedores sejam negociados a excelentes preços no leilão, via internet, que será realizado no dia 2 de fevereiro de 2016. Na edição passada, o produto cultivado pelos irmãos Antônio Márcio e Sebastião Afonso da Silva no Sítio Baixadão, em Cristina (MG), foi arrematado pela Starbucks Coffee Trading Company por US$ 23,80 por libra-peso, quebrando o recorde do certame. Esse lance correspondeu a *R$ 9.384 (US$ 3.148) por cada saca de 60 kg e proporcionou uma arrecadação total para este lote de *R$ 144.733 (US$ 48.552).

O presidente da BSCA, Adolfo Henrique Vieira Ferreira, viu com grande satisfação o desempenho dos cafés naturais brasileiros no Cup of Excellence – Naturals 2015. “O trabalho da BSCA, nessa parceria com a Apex-Brasil e o Sebrae, tem gerado cada vez mais frutos e alavancado a imagem dos cafés naturais brasileiros, fazendo com que o mundo os conheça, desfrute-os e os reconheça, adquirindo o produto por valores justos e condizentes com o profissionalismo e o amor que nossos produtores cultivam cada grão dos cafés naturais brasileiros, que são únicos no mundo”, conclui.

* Dólar a R$ 2,981, conforme fechamento de 4 de março de 2015.

Fonte: Assessoria de Comunicação BSCA (Paulo André Colucci Kawasaki)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *