Café de menor qualidade preocupa produtores do Sul de MG

Imprimir

Com o começo da colheita da safra de café, agricultores de Minas Gerais estão preocupados com o volume menor previsto para a safra deste ano e com a qualidade dos grãos.

É esperada uma queda de 19% na produção, cerca de 15 milhões de sacas, por conta da chamada bienalidade, que faz com que um ano de bons resultados seja seguido por outro mais fraco.

Além da colheita menor, os cafeicultores observam também uma florada irregular. Isso significa que, em plena época de colheita, alguns grãos estão maduros e prontos, enquanto outros estão pequenos. Isso é prejudicial porque leva o produtor a ter que usar mais grãos para encher uma saca.

Na fazenda do Paulo Enídio Crabi, que tem cerca de 400 hectares em Elói Mendes, o número de sacas vai ter queda de 21 mil, no ano passado, para 18 mil este ano.

O preço também não ajuda. A saca do café tipo 6 está cotada em média a R$ 373, o pior começo de safra desde 2013.

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *