Café arábica valoriza 33% com colheita em estágio avançado

Imprimir

Com 80% da safra de café arábica colhida, os preços da saca apresentaram valorização média de 33% ao longo do mês de julho, na comparação com o mesmo período de 2013.

A exceção é Iúna, no Espírito Santo, onde as cotações recuaram 6,7% no mês, segundo informações do boletim da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). A colheita do conillon foi concluída e os preços do "café bebida rio" tiveram valorização de 2,6% em Iúna.

A situação climática determinou a variação dos preços do café e a expectativa é de que o baixo volume de precipitações nas principais regiões produtoras tenha prejudicado não só a safra deste ano, mas também a de 2015.

Na avaliação da CNA, os preços devem continuar nos patamares atuais em função da restrição de oferta. A menor demanda nos Estados Unidos e na Europa, por causa do verão, pode impedir uma variação mais expressiva das cotações.

Fonte: Canal Rural com informações da Agência Safras

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *