Café, a grande exceção positiva

Imprimir

Com o forte aumento verificado, os embarques brasileiros de café alcançaram em janeiro a maior receita dos últimos quatro anos para o mês, conforme destacou o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CeCafé). Nos cálculos da entidade, que têm uma pequena diferença em relação ao resultado considerado pelo Ministério da Agricultura, as vendas do produto (verde, torrado e moído e solúvel) ao exterior atingiram US$ 590,6 milhões, um aumento de 53,3% em relação a janeiro de 2014.

O salto refletiu sobretudo a disparada dos preços internacionais do produto no período comparado. O volume cresceu "apenas" 6,8% e somou praticamente 3 milhões de sacas. Segundo o CeCafé, a espécie arábica respondeu por 81,5% das vendas, o robusta por 11,6% e o solúvel por 6,9%. Os cafés "diferenciados" das espécies arábica e robusta tiveram participações de 23,5% no volume exportado e de 29,7% na receita cambial.

Entre julho de 2014 e janeiro, os primeiros sete meses desta safra 2014/15, a receita com as exportações brasileiras de café chegou a US$ 4,285 bilhões, 50,8% mais que no mesmo intervalo de 2013/14.

Fonte: Valor Econômico (Fernando Lopes)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *